A Avianca é a nova parceira Smiles?

7
Smiles oferece até 100% de bônus na transferência de pontos, incluindo Livelo

Será a Avianca Internacional a nova parceira do Smiles? Alguns blogs argentinos anunciaram a chegada da empresa colombiana no site do Smiles. Daí que eu fui pesquisar para ver se aparecia aqui também …

Et voilá! Aparecem voos diretos partindo de São Paulo e do Rio de Janeiro para Bogotá, tanto na econômica como na executiva.

Avianca parceira Smiles
Avianca parceira Smiles

Os valores estão razoáveis, com a econômica na casa das 43.000 milhas saindo do Rio de Janeiro e, executiva saindo de São Paulo, ao custo de 70.000.

As Tarifas da Avianca no Smiles

O Smiles oferce dois tipos de tarifas no resgate de voos.

As tarifas comerciais são aquelas em que o programa converte o valor em dinheiro do bilhete para milhas. Ou seja, na verdade são tarifas pagantes, só que a moeda de pagamento utilizada é a milha. O Smiles utiliza esse tipo de tarifa com as novas parceiras anunciadas recentemente como a Hawaiian, por exemplo. Das parceiras tradicionais, a Air France e a KLM também são precificadas como tarifas comerciais.

Já a tarifa award é aquela precificada com valor mais baixo, como é o caso da Qatar Airways, Alitalia e Korean. Elas não geram milhas nem contribuem para a alteração de status nos programas de fidelidade.

Pelos valores praticados, as tarifas adotadas pelo Smiles para emissões Avianca são do tipo AWARD.

Clique aqui para acessar a página da Smiles e das empresas aéreas parceiras.

Algumas Palavras

É interessante ver o movimento de parceria da Avianca Internacional com o Smiles. A Avianca estava passando por seríssimas dificuldades financeiras bem antes da pandemia. O Smiles, por sua vez, tenta se recuperar do baque que foi o encerramento da parceria com a Delta.

Há menos de um ano, o Smiles e a American Airlines firmaram acordo. Agora é a vez da Avianca se juntar ao grupo como uma mais opção nas Américas.

De qualquer modo, é bom ter mais de uma opção de resgate com milhas do Brasil para a Colômbia em voos diretos, já que a LATAM tinha o monopólio brasileiro das rotas para Bogotá.

Portal das Malas