A Etihad vai eliminar a primeira classe?

0

Há um rumor no mundo milheiro que a Etihad vai eliminar a primeira classe até 2022, exceto no A380. Isso explicaria o porquê de a empresa só ter instalado a first nos seus 5 primeiros B787-9 (prefixos A6-BLA a A6-BLE).

Foto da First no B787-9 da Etihad
Crédito One Mile at a Time
Foto da First no B787-9 da Etihad
Crédito One Mile at a Time

Uma outra possível explicação tem relação com o dos assentos da primeira classe do B787-9. Há relatos que eles são tão pesados que impediram que fosse instalado uma área de descanso para os comissários na parte dianteira das aeronaves.

Quanto aos B777, eles serão reconfigurados com uma nova e melhorada Business Studio.

Atualmente, a Etihad conta com mais de 90 aeronaves, sendo que apenas 20 delas possuem a primeira classe:

  • 10 A380
  • 5 B787-9
  • 5 B77W

Entretanto, há certos mercados que “exigem” que a empresa mantenha uma primeira classe, mas que não comportam a capacidade de um A380. Um exemplo é a rota Abu Dhabi – Genebra, que é operada por um ds B787-9 equipados com a primeira classe. Como alguns estavam em manutenção na sede da empresa, ela colocou o seu único A330-300 equipado com a primeira classe (A6-AFA) dedicado a fazer o trajeto até que um B787-9 estivess em condições de voo de novo (por um acaso, hoje ele retornou à rota).

Outro exemplo de rota que demanda uma primeira classe é Abu Dhabi – Washington, que tampouco exige uma super-aeronave como o A380.

Os A330 da empresa estão sendo gradualmente retirados da frota. Alguns estão voando há 15 anos na empresa, que nem é considerado muito para uma aeronave.

Mas a Etihad não está financeiramente saudável. Ela cancelou um total de 75 aeronaves da Boeing e da Airbus. Da europeia, 42 aeronaves Airbus A350 deixarão de integrar a frota, o que deixa a Etihad com apenas 5 A350-1000. Ela também só vai manter 6 B777-9 dos 17 pedidos, e nenhum B777-8.

A Etihad mantém uma das melhores firts do mundo com o A380, no The Apartment e no The Residence. Há uma tendência mundial de redução generalizada da primeira classe à medida que a executiva se torna cada vez mais sofisticada.

Apesar de a notícia ainda não estar confirmada, como há planos de uma melhoria no business studio – a classe executiva mais moderna que a Etihad oferece – não me parece de todo improvável que a empresa siga os mesmos passos da Qatar Airways.

É possível resgatar passagens com milhas para voar com a Etihad via Smiles ou AAdvantage.