A evolução dos programas de milhas e pontos no Brasil – Pagamento de boletos

12
A evolução dos programas de milhas e pontos no Brasil - Pagamento de boletos

Compartilhamos aqui o penúltimo artigo da série que estamos produzindo em parceria com o Quero Viajar na Faixa onde falamos da Evolução dos programas de pontos e milhas no Brasil. Neste artigo falaremos do pagamento de boletos usando o cartão crédito.

No final desta página, apresentados sequencialmente, você encontrará todos os artigos da série já publicados.

Pagamento de Boletos

Uma das regras básicas para quem busca acumular pontos e milhas é usar o cartão de crédito para pagar absolutamente tudo. Mesmo em tempos de dólar na estratosfera, ganhar poucos pontos é melhor que não ganhar nenhum. Porém, até algum tempo atrás, uma das poucas áreas onde não era possível acumular pontos era com o pagamento de boletos.

Graças aos aplicativos de pagamentos isso mudou e com o aplicativo certo, dependendo do tipo de boleto, hoje em dia você consegue usar o seu cartão de crédito e ganhar alguns pontos. Entretanto, como tudo no mundo dos pontos e milhas, isso já foi melhor. Muitos aplicativos não impunham taxas ou limites, mas hoje em dia a grande maioria deles cobra alguma coisa pelo serviço oferecido e aí cabe a cada um fazer as contas e ver se vale a pena pagar ou não as tais taxas.

Exemplo de Como Ganhar Pontos no Pagamento de Boletos

Para tentar deixar o assunto mais claro, vamos usar um exemplo. E para entender o exemplo, e preciso saber também que a Iberia, empresa aérea espanhola, tem um acordo com o programa Esfera do banco Santander.

Pelo acordo, os clientes conseguem transferir pontos para o Iberia Plus, o programa de fidelidade da Iberia, na razão de 1:1. Além disso, com 85 mil pontos mais taxas já é possível emitir uma passagem de ida e volta entre São Paulo ou Rio de Janeiro e Madri.

Feito o posicionamento, agora vamos ao exemplo! Note que estamos falando da opção de número 7 na foto acima.

O Santander é o único banco atualmente que permite acumular pontos pagando boletos, na mesma pontuação de compras. Se você tiver um cartão de crédito Unlimited, você acumula 2,2 pontos por dólar, já se for um Unique, 2.0 pontos por dólar. A má notícia, no entanto, é que o custo de cada pagamento é de R$25,50 fixo por boleto, limitado a R$3 mil.

Assim, se você pagar um boleto de R$3 mil, irá gerar cerca de 1.160 pontos no Programa Esfera. Ao pagar 37 boletos desse valor, terá gasto R$935 e acumulado 42.500 pontos. Ou seja, com R$1.870 terá condições de emitir uma ida-e-volta em classe executiva de SP ou RJ para Madrid. Valor sensacional, não acha? Lembre-se que se você preferir ir em classe econômica, o custo cai pela metade!

Sabia que no período de abril a junho o Santander isentou essa taxa de R$25,50 para pagamento de boletos? Ou seja, daria para ter gerado todos esses pontos sem custo algum, foi o que eu fiz! E para deixar as coisas ainda melhores, mês passado a Iberia fez uma promoção onde eles ofereceram 50% de desconto em todas as emissões com pontos.

Algumas Palavras

Viu como é importante acompanhar todas as oportunidades que estão no mercado? Essa foi apenas uma delas, existem diversas outras ainda mais interessantes! Fique de olho no Pontos e Viagens e no Instagram do Quero Viajar na Faixa que sempre comentamos as melhores promoções que estão acontecendo.

Você costuma usar aplicativos para pagar boletos?

Para Saber Mais

Para ler mais sobre esta série, clique nos títulos abaixo:

A evolução dos programas de milhas e pontos no Brasil

A evolução dos programas de milhas e pontos no Brasil – Compras com cartões de crédito

A evolução dos programas de milhas e pontos no Brasil – Clubes de pontos

A evolução dos programas de milhas e pontos no Brasil – Compras de pontos

A evolução dos programas de milhas e pontos no Brasil – Bônus de transferências de pontos

A evolução dos programas de milhas e pontos no Brasil – Aplicativos de pagamentos