A Gol, a Avianca e o destino do Amigo

1

Vamos lá para a principal notícia do dia: a GOL entrou no páreo da recuperação judicial da Avianca. Agora, todas as grandes empresas aéreas nacionais demonstraram interesse naquilo que a Avianca tem de melhor a oferecer: os slots nos aeroportos! A empresa procedeu ao comunicado de fato relevante à CVM e ao mercado:

E qual será o destino do programa Amigo? De acordo com o processo 1125658-81.2018.8.0100 em tramitação no TJSP, os ativos e passivos, aí incluídos os pontos vendidos a parceiros do programa e passagens emitidas até o dia de hoje estariam garantidos, caso haja interessados na aquisição da UPI (Unidade Produtiva Isolada) Programa Amigo.

Ou seja, o Programa Amigo é uma das 7 UPIs a serem leiloadas. 6 dessas UPIs referem-se aos direitos de horários de pousos e decolagens – os concorridíssimos slots nos aeroportos de Guarulhos, Congonhas e Santos Dumont, entre outros.

Resta saber se alguma das empresas – Azul, Gol ou LATAM vão querer integrar os ativos e passivos do Amigo, lembrando o seguinte: muitos clientes do Amigo já são clientes do TudoAzul, do Smiles e do Fidelidade. Até que ponto haveria um aumento substancial na base de clientes desses programas a fim de despertar o interesse na aquisição da UPI do Programa Amigo é uma incógnita.

O que vocês acham?