Alaska Airlines oficialmente convidada para a Oneworld

1
Alaska Airlines
Alaska Airlines

A Alaska Airlines recebeu hoje o convite oficial da Oneworld para se juntar à aliança. Em fevereiro desse ano, a empresa estadunidense anunciou sua intenção de se juntar à Oneworld e o aprofundamento de sua antiga parceria com a American Airlines (clique aqui para lembrar). Mas até o dia de hoje, o que havia era mesmo apenas a intenção.

Agora, com o convite, a Alaska passa a ser um membro-eleito (member elect) da Oneworld a um passo de se tornar a 14a companhia aérea parceira da aliança. A sua entrada na OW representa um enorme salto de qualidade para os clientes membros do programa de milhas, que se chama Mileage Plan. Isso por que a empresa voa apenas domesticamente nos EUA, com excelente capilaridade na Costa Oeste norte-americana.

O Programa de Milhas Alaska Mileage Plan

O Mileage Plan tem a mesma filosofia empresarial que o Smiles: sem pertencer a nenhuma aliança, o programa tem parceria com empresas aéreas diversificadas. Há parceria com a Emirates e com a Air France, por exemplo. Além disso, o programa – generoso – ainda concede milhas com base na distância voada, sem relação com os valores pagos pela passagem.

Agora, com a entrada na Oneworld, há fundados temores que haja uma piora nos benefícios do Mileage Plan.

O programa conta com 4 níveis de status, a saber:

  • Membro Mileage Plan: nível de entrada; passageiro pode usar e ganhar milhas, mas não há qualquer bnefício extra.
  • Mileage Plan MVP: o nível básico permite checkin prioritáro e bagagens gratuitas, mas não há acesso aos lounges. É semelhante ao Oneworld Ruby,.
  • Mileage Plan MVP Gold: equivalente ao Oneworld Sapphire, aqui já é possivel conseguir acesso aos lounges.
  • Mileage Plan MVP Gold 75K: o nível mais alto, que deve ser equiparado ao Oneworld Emerald, também concede upgrades ilimitados para a primeira classe juntamente com um acompanhante e desconto no acesso aos lounges da empresa nos EUA. A Alaska adota a mesma política da American e United que não concedem acesso aos lounges em voos exclusivamente domésticos.

Algumas Palavras

Rob Gurney, CEO da Alaska Airlines, disse que a integração ocorrerá em tempo recorde e deve estar finalizada até dezembro desse ano. Imagino que essa pressa seja do interesse de todas as partes envolvidas, já que a entrada de um membro novo pode dar uma turbinada para a Oneworld e para a própria empresa aérea.

Portal das Malas