American Airlines perde o posto de maior empresa aérea do mundo

7
American Airlines perde o posto de maior empresa aérea do mundo

A American Airlines que sempre gostou de se autoproclamar como a maior empresa aérea do mundo, perdeu o seu posto. Apenas uma semana após a Delta Air Lines divulgar que tinha se tornado a maior companhia aérea do mundo com base na disponibilidade de assentos, esta última caiu para a terceira posição, enquanto a China Southern Airlines tomou o posto de maior empresa aérea do mundo.

A notícia não chega a surpreender, já que a China anunciou há poucos dias que tinha recuperado a sua capacidade aérea operacional aos níveis pré-pandemia, como vocês podem conferir aqui. A China Southern era a maior empresa aérea chinesa em operação antes da pandemia, portanto não é nada surpreendente que ela esteja nessa posição agora.

Importante notar que outras duas companhias aéreas chinesas figuram atualmente no top 10 das maiores companhias aéreas do mundo, além da China Southern (que tem participação acionária da própria American Airlines e da Qatar Airways, apesar de ser majoritariamente estatal), a China Eastern (que tem participação da Delta Air Lines) e a Air China (membro da Star Alliance) também estão nessa lista.

Vejam como ficou a lista das 10 maiores companhias aéreas do mundo na última semana de outubro de 2020, em relação à disponibilidade de assentos ofertados, com a porcentagem operacional destacada em relação ao mês de janeiro de 2020:

  1. China Southern: 2.580.529 (-10%)
  2. American Airlines: 2.402.266 (-50%)
  3. Delta Air Lines: 2.364.630 (-48%)
  4. China Eastern: 2.183.012 (-20%)
  5. Southwest Airlines: 2.166.490 (-43%)
  6. United Airlines: 1.770.028 (-50%)
  7. Air China: 1.854.557 (-12%)
  8. Ryanair: 1.095.300 (-55%)
  9. IndiGo: 1.081.152 (-40%)
  10. ANA: 921.335 (-33%)

Como a China Southern era a maior companhia aérea chinesa antes da pandemia, não surpreende que ela esteja nessa posição agora, apesar dela ter figurado apenas na 6ª posição dessa lista há 1 ano. Já nos Estados Unidos, a Southwest Airlines era antes da pandemia a maior companhia aérea a oferecer voos domésticos, então faz sentido que ela esteja à frente da United Airlines, que tinha uma operação focada também na malha internacional.

Apenas a título de comparação, como o Claudio noticiou no dia 10 deste mês, a Latam Airlines atingiu apenas 20% da sua capacidade operacional no mês passado, como vocês podem ver aqui, enquanto a Azul Linhas Aéreas divulgou que espera operar com cerca de 40% da sua capacidade existente antes da pandemia, até o fim desse ano.

Algumas Palavras

É interessante ver essa dança das cadeiras entre as maiores companhias aéreas do mundo. Sem nenhuma pretensão de provocar o debate político, me parece que a China foi o único país que se saiu bem com essa pandemia, não é mesmo?

O que vocês acharam disso?

Maxmilhas