Atualização regulamento do TudoAzul

0

O TudoAzul enviou por email ontem a atualização do seu regulamento. A atualização atinge o número de bilhetes que podem ser emitidos para terceiros, nos termos da cláusula 6.2.1. Vamos ao texto enviado pelo programa:

O Que Vale Destacar

  • A atualização é válida a partir do dia 15 de janeiro de 2020.
  • As mudanças afetam apenas a emissão de passagens aéreas com pontos para terceiros.
  • Cada titular de uma conta TudoAzul terá uma Lista de Passageiros Beneficiários, cujo cadastro deverá ser feito no website ou central de atendimento Azul
  • Nessa lista, é possível cadastrar até 5 pessoas diferentes, a critério do titular da conta, com idade a partir de 2 anos.
  • O titular pode emitir passagens ilimitadas para ele mesmo e para essas 5 pessoas.
  • Além dessas 5 pessoas, o titular poderá emitir passagens ilimitadas para seus filhos, mediante comprovação do vínculo familiar.
  • A Azul vai validar todas as informações.
  • No dia 01.03.2020 será possível alterar os 5 beneficiários.
  • A Lista de Beneficiários pode em 60 dias a partir da data da alteração.

Algumas Palavras

Essas mudanças já haviam sido anunciadas há cerca de duas semanas.

A surpresa da atualização ficou com o fato de que os filhos do titular estão excluídos dessa limitação. Assim, em teoria, o titular da conta poderá emitir bilhetes para uma mesma viagem com seu cônjuge, pais, sogros e filhos.

Abstraindo a legalidade da limitação de CPFs para a emissão de bilhetes com milhas, o TudoAzul está sendo mais flexível do que seus concorrentes.

De acordo com as novas regras, como os beneficiários da lista poderão ser alterados a cada 60 dias, é possível emitir bilhetes para 30 pessoas diferentes ao ano, excluindo os filhos dos titulares.

O Smiles e LATAM Pass são mais restritivos: limitam a 25 CPFs ao ano, o que inclui os filhos do titular.

De novo, abstraindo a legalidade da limitação de CPFs para a emissão de bilhetes com milhas, com essa política dá para viajar com a família e diferentes amigos diversas vezes por ano. É possível viajar com cônjuge, filhos, pais e sogros em um viagem, em outra, é possível viajar com o cônjuge, filhos, um casal de amigos e dois filhos do casal de amigos.

Eu pessoalmente não considero que seja legal a limitação dos CPFs a partir do momento que os próprios programas comercializam pontos sem impor qualquer tipo de restrição na aquisição desses pontos. Mas sei que o Poder Judiciário tem dado decisões conflitantes, o que transforma uma ação judicial uma verdadeira roleta russa no atual momento.

Dito isto, repito que considero a política de restrição do TudoAzul a menos nociva para os clientes (abstraindo a legalidade!)

Como vocês comparam as limitações dos três grandes programas brasileiros?

———————————————————————————————————-

Atualização no Regulamento do TudoAzul

A partir de 15/01/2020, serão realizadas algumas atualizações importantes no Regulamento do TudoAzul, incluindo a nova regra de emissões de passagens aéreas em Pontos ou Pontos + Dinheiro ao limite de 5 (cinco) pessoas cadastradas na lista de passageiros beneficiários, além do titular da conta TudoAzul.

A seguir, destacamos a nova regra detalhada na cláusula 6.2.1 do Regulamento:

6.2.1 Lista de Passageiros Beneficiários

A partir de 15/01/2020, o Participante TudoAzul poderá nomear, a qualquer momento, até o limite de 5 (cinco) indivíduos para fazer parte da sua Lista de Passageiros Beneficiários para o resgate ilimitado de Bilhetes Aéreos nas modalidades Pontos ou Pontos + Dinheiro. Será considerado como um integrante da lista qualquer indivíduo com mais de 2 (dois) anos de idade.

Os 5 (cinco) beneficiários poderão ser livremente indicados pelo Participante TudoAzul, e referido limite poderá ser ultrapassado apenas na hipótese de descendentes de primeiro grau (filhos) do titular, mediante comprovação do respectivo grau de parentesco.

Os cadastros dos beneficiários ficarão registrados no perfil do Participante e deverão ser realizados por meio do website ou central de atendimento Azul, com nome completo, CPF ou número TudoAzul, data de nascimento e gênero. Caberá ao TudoAzul validar tais informações.

É de integral responsabilidade do Participante titular da conta TudoAzul as emissões de Bilhetes Aéreos para os beneficiários efetivamente cadastrados em sua lista, bem como zelar por seu login e senha.

Os beneficiários cadastrados na lista poderão ser alterados a qualquer tempo a partir de 01/03/2020, e as respectivas emissões de bilhetes aéreos somente serão permitidas após 60 (sessenta) dias a contar da data da referida alteração.

Essa mudança tem como objetivo oferecer maior segurança a sua conta e proporcionar aos Participantes que usam de forma genuína o programa de fidelidade TudoAzul as melhores ofertas para o resgate de pontos.