Boa oportunidade de acúmulo com o Clube Allpoints

84

[ATUALIZAÇÃO] A Allpoints tirou o texto que informava sobre a bonificação até o dia 18/10/19. Desta maneira, não recomendo que sejam feitas novas assinaturas neste momento. Para quem assinou durante o período em que a promoção estava sendo divulgada, entendo que deverão receber os bônus normalmente. No pior caso, vocês tem os prints aqui no post para ajudar na argumentação.

De vez em quando esses programas de fidelidade menos conhecidos ressurgem com alguma boa oportunidade. Quem não se lembra quando eu publiquei que os pontos da Netpoints contavam para qualificação e bonificação no Smiles? Muita gente duvidou, mas os que acreditaram garantiram o status Diamante no Smiles por anos, além de conseguirem o milheiro a menos de R$16 (veja aqui e aqui), bons tempos!

Mas como quem vive de passado é museu, vamos ao que interessa!

Eu falei do lançamento do All Points aqui alguns anos atrás e muita coisa mudou de lá pra cá. O número de parceiros aumentou, as trocas de pontos ficaram diferentes e eles até lançaram um Clube para chamar de seu, mas o programa continuou longe dos holofotes dos milheiros. Estaria essa condição prestes a mudar?

Até o dia 18/10, clientes que assinarem o Clube Allpoints receberão o dobro de pontos nos primeiros 3 meses. Vejam só a lista de planos:

Allpoints – Oferta especial de assinatura do Clube (Item 4 da página de assinatura)

Veja que o valor de 1.000 pontos é mais barato para o plano 1.000.

Agora vamos falar da oportunidade, teoricamente, é permitido assinar o Clube por 3 meses e depois fazer o cancelamento do mesmo. Nesta condição, teríamos 1.000 pontos a R$18,99.

O que acontece com meus pontos após cancelar o Clube Allpoints?

O Allpoints é um programa de fidelidade voltado para reservas de hotéis. Hoje eles possuem uma parceria com o Kaligo, onde oferece diversas opções para resgate com esses pontos. Além disso, existem 3 parceiros aéreos: Smiles, Latam Pass e Miles&Go, e é aqui que eu gostaria de chegar.

Levando-se em consideração que cada 1.000 pontos saíram a R$18,99, seria isso que você conseguiria no milheiro dos parceiros aéreos, já que assinantes do Clube fazem transferências de pontos entre a Allpoints e estas companhias na proporção de 1:1 (o normal sem assinatura é 10:1).

Tabela de transferência da Allpoints para parceiros aéreos

Concluindo, a oportunidade é muito boa e eu não me surpreenderia se a Allpoints em algum momento dos próximos meses alterasse completamente suas regras de acúmulo e assinatura dos Clubes. Já vimos isso acontecer com outros programas de fidelidade após promoções muito, vamos dizer, convidativas rs. A oportunidade está aí, quem pensa em aproveitar?

Página da promoção

H/T: Hardmob, e a dica do leitor Leandro