Compartilhamento de voos entre Latam e Azul entra em vigor e cobre 64 rotas pelos Brasil

3
Compartilhamento de voos entre Latam e Azul entra em vigor e cobre 64 rotas pelos Brasil

O compartilhamento de voos (codeshare) entre a Latam e a Azul passa a valer a partir de hoje e cobrirá 64 rotas domésticas no Brasil. Confira os detalhes abaixo.

Conforme publicamos aqui no Pontos e Viagens, as empresas informaram que o compartilhamento de voos seria uma forma de aumentar a capilaridade de ambas pelo Brasil num momento onde dezenas de rotas estão canceladas devido à covid-19.

Rotas do Compartilhamento de Voos Latam e Azul

Das 35 rotas que estão à venda a partir de hoje (12 de agosto), 23 serão cumpridas pela Azul enquanto 12 terão operação pelas aeronaves da Latam. Até o fim de agosto, as companhias também iniciarão as vendas de outras 29 rotas do acordo, sendo 12 operações da Azul e 17 da Latam.

Neste primeiro momento, o codeshare terá pousos e decolagens nos aeroportos de Brasília (BSB), Belo Horizonte (CNF), Recife (REC), e Campinas (VCP), chegando, posteriormente, aos aeroportos de Porto Alegre (POA), Curitiba (CWB) e São Paulo – Guarulhos (GRU).

“O início desse acordo vai ajudar nosso setor a oferecer mais opções de voos, horários e destinos a nossos Clientes, sendo uma solução importante para recuperarmos com mais agilidade a demanda interna afetada pela pandemia.

 

Com a capilaridade de nossa malha, a força de nossos hubs e as conexões com os voos da Latam, tenho certeza de que construiremos juntos um codeshare que oferecerá benefícios incomparáveis para os Clientes.

 

As duas companhias aéreas têm uma história e paixão pelo atendimento ao Cliente e estamos ansiosos para mostrar isso juntos”, diz Abhi Shah, vice-presidente de Receitas da Azul.

Particularmente para os clientes da Latam, agora será possível chegar até as seguintes cidades em aeronaves da Azul:

  • Minas Gerais – Montes Claros e Governador Valadares
  • Ceará – Juazeiro do Norte
  • Pernambuco – Petrolina e Fernando de Noronha
  • Paraíba – Campina Grande
  • São Paulo – Viracopos

Algumas Palavras

Eu particularmente acho que esse compartilhamento de voos é apenas o pontapé inicial para uma fusão entre Latam e Azul, na qual com o passar do tempo a Azul tomaria conta das rotas nacionais e os destinos internacionais seriam atendidos pela Latam.

Contradizendo o que eu escrevi acima, o press-release informa que o compartilhamento de voos é válido até 24 de outubro de 2020. Portanto, por hora só nos resta acompanhar o desenrolar dos fatos.

Para Saber Mais

Neste link você pode obter maiores informações sobre o compartilhamento de voos entre Latam e TudoAzul.