Coronavírus e os passageiros frequentes – Empresas que já prorrogaram o status elite de seus clientes

16
Coronavírus e os passageiros frequentes - Teremos extensão de status elite?

No meio do furacão causado pelo coronavírus, os passageiros frequentes ficam se perguntando se as empresas aéreas e redes de hotéis oferecerão algum tipo de prorrogação nas categorias elite de seus programas de fidelização.

Muitos foram pegos de surpresa e viram suas viagens de trabalho ou lazer canceladas e, com isso, as chances de renovar seus status elite basicamente desapareceram. Diante disso, será que teremos uma “mãozinha”?

Várias empresas já estão se movimentando nesse sentido, porém outras ainda permanecem em silêncio. De certa forma, isso é até compreensível, dado que muitas ainda estão contando os prejuízos e algumas se quer sabem se irão sobreviver.

Mas, no final das contas, quem já acenou para o nosso lado?

Qatar Airways First Class CDG – DOH fev 2018 A380

Extensão de status elite – Empresas aéreas

Começando pelas brasileiras, até agora não tivemos nenhuma notícia. Latam, Gol e TudoAzul ainda não se manifestaram sobre o assunto. Juntam-se a elas TAP, British Airways, American Airlines, Iberia, United, Delta, grupo Lufthansa, Alitalia e Emirates, que tampoco abriram a boca.

Já as empresas que tomaram alguma iniciativa foram:

Finnair – Prorrogou por 6 meses para todos os seus clientes o período de qualificação e validade de seus status elite.

Alaska Airlines – Ofereceu bônus de 50% nas milhas qualificáveis. Não chega a ser uma extensão, mas reduz o tamanho do desafio.

Virgin Atlantic – Prorrogou todas as categorias elite por 6 meses. Além disso, a empresa está oferecendo um bônus de 5 mil milhas em novas reservas.

Air France / KLM – Reduziu em 25% a meta para se atingir Silver, Gold ou Platinum para todos os clientes cujos status venceriam em março, abril ou maio. Ademais, congelou o vencimento das milhas em 2020.

Qatar Airways – Está oferecendo três meses de extensão para a maioria dos status elite. Cada cliente deve verificar a sua situação diretamente no site da empresa.

Cathay Pacific – Está adicionando pontos na conta dos clientes de acordo com o comportamento de voo de cada um como se eles estivessem voando normalmente. Ou seja, os clientes terão que efetivamente voar quando a situação se normalizar para conseguir fechar a conta.

Qantas – Irá prorrogar por 1 ano o status elite atual de todos os seus passageiros frequentes.

Aeroflot – Prorrogou o status elite de todos os seus clientes até fevereiro de 2022.

Air New Zealand – Anunciou que irá prorrogar o status dos seus clientes no Airpoints por 12 meses.

Virgin Australia – A empresa congelou os status atuais de seus passageiros frequentes por 1 ano.

Extensão de status elite – Redes de hotéis

E no que diz respeito aos hotéis? Onde estamos?

Champagne e carta de boas-vindas

E agora os que acenaram em nossa direção:

IHG – Reduziu o target para todos os níveis (Gold, Platinum e Spire), mas ainda deixou uma “meta” a ser atingida. Ou seja, quem quiser garantir os mimos ainda terá que suar a camisa.

Accor – Está adontando uma postura similar a do IHG e baixou em 50% os requisitos de qualificação para os diferentes status do ALL em 2020.

Hilton – Até o momento nenhuma prorrogação para os clientes fora de Hong Kong, Macau, China ou Taiwan. No entanto, já fizeram algumas concessões e pontos e certificados não vencerão até maio.

Hyatt – Clientes da Ásia tiveram seus status prorrogados, mas nada para outras regiões até o momento.

Radisson – O validade dos pontos foi prorrogada por 6 meses e dos status elite até fevereiro de 2022.

Best Western – Prorrogou automaticamente todos os status elite até 2022.

Algumas Palavras

Particularmente para os clientes brasileiros, espero que Latam, Gol, Azul abram exceções e facilitem a requalificação de seus clientes nas categorias elite de seus programas.

Para mim isso seria uma ótima maneira de reconhecer a lealdade de seus clientes.

HT: God Save the Points