Parceria Delta e Latam e o Impacto nos Programas de Milhagens – Algumas Considerações

16
CADE aprova acordo comercial entre Latam e Delta Airlines

Como foi amplamente divulgado pela mídia especializada, leia-se os blogs de viagens, e a imprensa em geral, a Delta Airlines anunciou a aquisição de 20% das ações da Latam. Esta última, por consequência, terminará a sua parceria com a American Airlines e abandonará a Aliança Oneworld. E para finalizar temos a Gol, que perdeu um de seus principais parceiros comerciais, a Delta.

Clique aqui para ler o que eu escrevi sobre esse assunto e os potenciais impactos para a aviação comercial na América Latina.

Na ocasião eu preferi não abordar o assunto dos programas de milhagens, pois tudo ainda estava bem recente e pouco se sabia a cerca do que iria acontecer. Todavia, eu fiquei impressionado com o tanto que se escreveu sobre esse assunto nos últimos dias e a sensação que eu tive é que alguns blogs estavam mais interessados em confundir do que informar as pessoas. 😐

Anyway … passados alguns dias e com um pouco mais de informação sobre o assunto, eu compartilho aqui algumas considerações e para tanto vou dividir o tópico em três partes. Primeiro, eu falo sobre os bilhetes já emitidos e depois dos que ainda virão a ser emitidos. Por último, eu discuto um pouco do que se deve fazer nos próximos meses no que diz respeito às estratégias para acúmulo de pontos.

Bilhetes Já Emitidos

Acho que esse foi um dos tópicos que mais despertou atenção, o que é perfeitamente normal. Afinal de contas, quem já tem um bilhete emitido quer voar.

Eu comentei isso com alguns leitores e volto a repetir aqui, eu acredito que não há com o que se preocupar no que diz respeito a essas passagens. Afinal de contas, nenhuma das empresas faliu ou irá desaparecer do mapa nos próximos meses. Tenho convicção de que todos os bilhetes serão honrados.

Inclusive, eu já li relatos de que a Smiles está entrando em contato com os clientes para lhes assegurar de que as passagens já emitidas com a Delta estão garantidas. Só para colocarmos as coisas em perspectiva, vejamos o caso da Avianca Brasil. A empresa quebrou, ficou sem condições de pagar as empresas parceiras pelos bilhetes emitidos e, mesmo assim, por bem ou com um empurrãozinho da justiça, todo mundo tem conseguido embarcar!

Por que haveríamos de ter problemas no caso da Latam, Gol, Delta e American? No pior dos casos, a justiça está aí para nos ajudar.Parceria Delta e Latam e o Impacto nos Programas de Milhas - Algumas Considerações

Bilhetes a Serem Emitidos

Como é de se esperar, aqui as coisas mudarão (ou já mudaram). A tendência natural é que a disponibilidade Delta desapareça do site da Gol e a da Latam siga o mesmo caminho no site da American Airlines e vice-versa. Afinal de contas, nenhuma empresa quer carregar o passivo de uma outra empresa que não é mais sua parceira.

Por hora, no que diz respeito a viagens para a Europa, essas mudanças não têm muito impacto. Lembremo-nos que a Latam já informou que a sua saída da Oneworld pode levar até um ano.

O problema maior está para as viagens para os Estados Unidos. Até que a relação com a Delta seja efetivamente estabelecida, os clientes Multiplus terão um pouco de dificuldade para emitir passagens para voar para a América do Norte. Dependerão basicamente da disponibilidade da própria Latam.

Já os passageiros da Gol, bem ou mal, ainda contam com a Copa Airlines.

Estratégia para Acúmulo de Pontos no Futuro

Para quem já está pagando algum clube de pontos, dada a situação atual, eu não vejo razão para mudar nada. Afinal de contas, ainda não sabemos quais serão as estratégias das empresas em termos de parcerias. Já para quem estava pensando em assinar algum clube de ponto, talvez sera interessante esperar algumas semanas até que tenhamos mais visibilidade de como as parcerias irão se formar.

Eu diria que o mesmo raciocínio se aplica para potenciais transferências de pontos da Livelo para a Smiles ou Multiplus. Mais que nunca, ninguém deve transferir pontos por transferir. Apenas o faça se tiver alguma emissão em mente para o curtíssimo prazo ou com alguma empresa que não esteja envolvida nesse caso.

E para finalizar, não podemos nos esquecer que a Latam irá anunciar hoje o seu novo programa de milhagens. Também vale a pena ficar de olho no que vem por aí. 😉