Desafio TudoAzul: onde foi que eu errei?

0

Em virtude de um trabalho em Campinas, decidi fazer o desafio TudoAzul. Com o preço das passagens nas alturas por conta do fechamento do Santos Dumont, certamente conseguiria o status Diamante com facilidade.

Entrei na página indicada (clique aqui para acessar) e selecionei o AAdvantage como programa.

Vi que a exigência do programa é uma foto do cartão físico:

Como o AAdvantage não tem cartão físico, enviei um print da primeira página da minha conta, contendo todas as informações relevantes. No print que enviei, não ocultei nenhuma informação.

Assim que o cliente clica em enviar, aparece um email já pronto. Preenchi todas as informações e enviei.

No mesmo dia, recebi a seguinte resposta:

OK. Não entendi muito bem o porquê da recusa já que na resposta da Jussara consta expressamente o seguinte:

É válido apenas FOTO nítida do cartão físico ou da tela do computador logado na conta do outro programa de fidelidade, onde na MESMA foto deverá constar seu nome/sobrenome, categoria e validade legível.

Respondi para a Jussara, informando que o AAdvantage não disponibiliza cartão físico. Ela não me respondeu. Tudo bem.

No dia seguinte, fiz tudo de novo, só que com as informações Smiles, programa em que sou Diamante.

Enviei a foto do cartão físico, em que constam os dados exigidos:

Silêncio absoluto. Já voei, sem status nenhum, e os pontos foram creditados sem o desafio.

Gente, eu errei aqui? Vocês conseguiram o desafio normalmente?

De qualquer modo, sinceramente, desanimei com programa. Se há alguma informação que está faltando ou qualquer outro problema, ninguém me respondeu. Ninguém se interessou em fidelizar mais uma cliente.

Tinha ficado animada porque a Azul vai voar para Congonhas e ela poderia ser uma boa opção para o meu trabalho. Tanto que o pessoal da agência já me enviou as opções de voo para a próxima viagem e eu escolhi voar com a Gol dessa vez.

Previous articleHilton altera política de status challenge
Next articleMais duas rotas com a nova executiva da ANA