Direto da Europa: Quanto custa o pecado da gula na Itália comparado ao Brasil?

9

No Direto da Europa de hoje compartilho com vocês um assunto muito buscado no Google e YouTube pelos brasileiros que desejam se entregar aos prazeres da gula na Itália. Se preparem para uma leitura breve e leve, mas que poderá te deixar triste … ou não!

Abaixo você encontrará uma comparação de preços de uma lista de produtos nem um pouco essenciais que encontramos nos supermercados brasileiros e italianos. A ideia é dar uma noção, mas de forma descontraída, quanto ao poder de compra existente quando comparado o euro com o sofrido real brasileiro.

Dinâmica

Vamos colocar os itens à mesa e comparar os valores de acordo com o salário base (mínimo) de cada país. Para tornar a dinâmica mais simples, entenderemos o salário base em ambos os países como sendo 1.000, ok?

Para ficarmos mais próximos da realidade, escolhi a rede de Supermercados Carrefour, pois o temos no Brasil e na Itália.

Metodologia usada: valor do produto dividido por 1.000 e multiplicado por 100 para expressar o valor em percentagem

Apenas uma única regra: Quem converte NÃO se diverte! Jamais se esqueça dessa regra em suas férias!

Chocolates

Barra de chocolate ao leite LINDT (100g)

  • Valor na Itália: € 2,05 (0,205% do salário base)
  • Valor no Brasil: R$ 29,89 (2,989% do salário base)

 Barra de chocolate ao leite Milka (100g)

  • Valor na Itália: € 0,95 (0,095% do salário base)
  • Valor no Brasil: R$ 12,99 (1,299% do salário base)

Creme de avelã Nutella (350g)

  • Valor na Itália: € 2,99 (0,299% do salário base)
  • Valor no Brasil: R$ 21,90 (2,190% do salário base)

Alcóolicos

Item fundamental na vida de um ser humaninho!

Cerveja Heineken (600ml)

  • Valor na Itália: € 1,35 (0,135% do salário base)
  • Valor no Brasil: R$ 9,80 (0,980% do salário base)

Vinho Chianti (750ml)

  • Valor na Itália: € 4,55 (0,450% do salário base)
  • Valor no Brasil: R$ 79,99 (7,999% do salário base)

Esse assunto para quem conhece e gosta é mais delicado, portanto eu listei acima o meu preferido italiano, lembrando que o valor final dependerá da vinícola escolhida, entre outros fatores.

Champanhe Veue Clicquout Brut (750ml)

  • Valor na Itália: € 32,90 (3,29% do salário base)
  • Valor no Brasil: R$ 430,00 (43% do salário base)

E aí, como ficou o seu bolso após essa escapadinha ao supermercado?

Eu gostaria de deixar claro de que essas informações aqui divulgadas não foram colocadas com o intuito de apontar qual país é o melhor (ou menos pior), tão pouco abordar questões políticas.

Programa de Fidelidade PAYBACK

Eu não esqueci dos pontos, jamais!

As compras realizadas em toda rede Carrefour Italia pontuam no programa de fidelidade chamado PAYBACK, na proporção de 1 ponto payback a cada 1€ gasto.

O programa funciona como uma HOLDING (parecido com o LIVELO), pois é possível acumular pontos payback em mais de 200 parceiros, como por exemplo:

Italo Treno
Vueling Airlines
Booking.com
OVS (loja departamentos)
ESSO/ENI (combustível)

Para não fugir do tópico, fiquem tranquilos que em outra oportunidade irei falar sobre os programas de pontos existentes no “Velho Continente” para o acúmulo de pontos.

Algumas Palavras

Do Norte ao Sul da Itália, embora acabe existindo diferença nos valores dos produtos do mercado, tenha certeza de que quando existente, a diferença não será discrepante.

Mas quanto se gasta no mês com produtos essenciais?

Os seus gastos no supermercado poderão variar em relação a outras pessoas, pois isso depende de questões como: se 100% das refeições são feitas em casa, qual é o supermercado onde a compra é feita (rede/bandeira), o estilo de alimentação e etc.

O que vocês acharam desse tema? Vocês tem interesse em uma parte 2 aqui no Direto da Europa, sendo referente aos produtos essenciais? Aguardo por suas sugestões nos comentários!

Aproveito para convida-los novamente para que me sigam no Instagram e não deixem de adicionar o Instagram do Pontos e Viagens nos seus favoritos!

Por último, se vocês tem interesse em ler algum assunto específico aqui no Direto da Europa, basta me dar um alô!