Direto da Galley – Sorria, você está no meu vôo!

9
Direto da Galley - Sorria, você está no meu vôo!

Hoje, por ser Natal, um mimo para os meus passageiros. Dois textos! Vamos lá … São apenas 7 segundos para o comissário olhar para você e saber que tipo de passageiro você é! Fica ligado porque a primeira impressão é mesmo a que fica!!!

Os comissários sabem, por pura experiência, que aquele breve instante que acontece na porta de embarque é um momento mágico!

As pessoas vão entrando e no bom dia, boa tarde, boa noite, o cérebro do comissário vai identificando comportamentos, reações e atitudes com uma rapidez absurda!

Tem o egoísta que ocupa todo o espaço do compartimento superior, o esperto que está sentado no último assento da aeronave mas quer deixar a bagagem na primeira fileira, tem os que acham que estão no sofá de casa e insistem em ouvir música sem fone de ouvidos.

Quantas vezes você teve uma empatia imensa com a comissária que te atendeu? E aquelas vezes que você preferia ter pego o vôo da congênere? É assim mesmo, muitas vezes a mágica não acontece!

Eu já desembarquei passageiro que aparentava estar alcoolizado na porta do avião, ou melhor, impedi de embarcar depois de observar o comportamento indevido dele.

Já impedi um grego de desembarcar no Chile durante o procedimento de embarque. Como assim o senhor quer descer? Pois não senhor, mas terá que aguardar porque uma aeronave não é um ônibus que você sobe e desce quando quer.

Você sabia que para desembarcar tem que ter autorização? Existe um protocolo de segurança para identificação de bagagens onde o passageiro estava sentado. A intenção é saber se nada foi deixado a bordo propositalmente! Coisas que aprendi com os ingleses, não descuidar da segurança, nunca!

Somos treinados para obedecer as regras e fazer com que se cumpram os procedimentos!

Se usar máscara a bordo é obrigatório, então use! Comissário de bordo não é fiscal de máscara! Me falou uma colega já no limite da paciência. Sem máscara não embarca e se tirar a máscara para espirrar ou falar ao telefone, vai desembarcar com todos os pertences!

Neste novo mundo velho, a vida nos pede para reaprender a respeitar o próximo. A bordo não devemos conversar com quem está ao nosso lado, não podemos mostrar nosso sorriso, não tocamos o outro em sinal de acolhimento. O passageiro brasileiro vai te tocar no braço antes de te perguntar alguma coisa, é cultural.

Então, se você for voar, lembre-se dos 7 segundos e sorria o melhor dos sorrisos ao entrar na aeronave, porque ainda que de máscara, acredite, os olhos podem se cumprimentar!

Feliz Natal!