Emirates suspende todos seus voos por tempo indeterminado

3
Emirates suspende todos seus voos por tempo indeterminado
Emirates A380

Atualização: Após anunciar que suspenderia todos os voos, a Emirates voltou atrás e informou que continuará voando para alguns destinos. São eles: Austrália (todos as cidades servidas atualmente), Canadá, Hong Kong, Japão, Malásia, Filipinas, Singapura, África do Sul, Koréia do Sul, Suíça, Tailândia, Reino Unido e Estados Unidos.

A Emirates anunciou há pouco em seu Instagram que suspenderá todos os seus voos a partir do dia 25/03/2020 devido à crise do COVID-19.

A nota diz que é uma decisão dolorosa, porém a demanda global por viagens caiu significativamente, acelerada pelo fechamento de fronteiras e banimento de turistas em determinas países.

As operações da Emirates SkyCargo continuarão a fim de manter o abastecimento das comunidades e economias.

Eles também relatam que estão dedicados a preservar os empregos de seus colaboradores neste tempo de dificuldade, evitando cortes em seu efetivo.

Por fim, pedem sinceras desculpas a todos seus clientes pelos problemas que esta suspensão causará e afirmam que estão empenhados em minimizar ao máximo os impactos nas viagens dos mesmos.

Não foi definida uma data para retorno das operações, apenas afirmaram que esperam voltar em breve, assim que essa crise passar.

Os CEOs da Emirates e dnata, Sir Tim Clark e Gary Chapman, aproveitaram a ocasião para informar que irão abrir mão dos seus salários por três meses. Além disso, segundo Sheikh Ahmed, a empresa fará todo o possível para evitar demissões e esperar estar preparada para recomeçar as operações assim que a situação começar a se normalizar.

Algumas Palavras

Com uma frota composta apenas por grandes aeronaves (A380 e B777), é de se esperar um prejuízo gigantesco em todas as rotas de uma companhia do porte da Emirates. Confesso que fiquei sem reação quando li o comunicado, pois para tomar um decisão como esta significa que a coisa está muito muito feia! E vocês, ficaram boquiabertos também?

Agradeço a dica do leitor Henrique.