Como emitir uma passagem para o Japão com desconto de até 70% usando o LATAM Pass

25
Como emitir uma passagem para o Japão com desconto de até 70% usando o LATAM Pass

Depois da surpresa que tive ao encontrar trechos até a Austrália utilizando milhas Latam Pass, a um custo inferior a R$1.000 (+taxas) cada trecho, conforme post divulgado aqui, resolvi pesquisar novamente. Desta vez vamos explorar quanto custa emitir uma passagem para o Japão também com pontos LATAM Pass.

Para minha decepção, a pesquisa com o programa não trouxe resultado algum, em diferentes datas. Mas um comentário do Marlon, seguidor do meu Insta e também leitor do Pontos e Viagens, me fez pensar em outras alternativas. E o resultado foi melhor que o esperado, então confira a seguir nesta segunda parte da análise!


Atenção: O objetivo deste artigo é, acima de tudo, mostrar quais são as opções possíveis já que no momento é impossível viajar aos EUA e Japão devido à pandemia da covid-19.


Primeira parada: Los Angeles

A primeira cidade que sempre me vem em mente ao imaginar um voo para o Japão é Los Angeles. Tenho uma prima que trabalhou por vários anos como comissária na saudosa Varig, onde conheceu seu marido, também comissário, e ela sempre fazia essa rota do Brasil para o Japão, com conexão na cidade.

Vamos a partir de agora dividir nosso estudo em duas partes: a primeira referente somente ao trecho GRU-LAX, de maneira a também atender quem planeja viajar somente até os EUA, e a segunda do trecho Los Angeles – Tokyo.

Como emitir uma passagem para o Japão com desconto de até 70% usando o LATAM Pass

Pesquisando o custo do bilhete com pontos Latam Pass partindo de São Paulo com destino a Los Angeles, há boa disponibilidade a partir de 35.500 pontos, com conexão em Lima.

Como emitir uma passagem para o Japão com desconto de até 70% usando o LATAM Pass

No trecho de volta, o mesmo valor, totalizando 71.000 pontos ida-e-volta.

Se você tiver status Elite no programa Latam Pass, cada trecho sairia com 10% de desconto (32.000 pontos), ou 64.000 ida-e-volta.

Custo de Emissão GRU-LAX-GRU

Como nos posts anteriores, para calcular o custo de emissão desse trecho GRU-LAX-GRU vamos considerar aquele mesmo cenário: compra de pontos Livelo com 50% de desconto e transferência de pontos da Livelo para o Latam Pass no Bumerangue 45%.

Para quem não conhece a dinâmica, no melhor cenário 45% dos pontos enviados retornam para a sua conta Livelo, e na conta Latam Pass você receberia 45% a mais. Ou seja, a bonificação seria de (100+45) / (100-45) = 2,636, ou seja, 163,6%.

Desta forma, seriam necessários 27.000 pontos Livelo para obter os 71.000 pontos Latam Pass necessários, um investimento de R$945. Para clientes com status Platinum, Black ou BS, R$875. As taxas de embarque ficaram em R$178,90.

Como emitir uma passagem para o Japão com desconto de até 70% usando o LATAM Pass

Custo do Mesmo Bilhete Pagante

O custo do mesmo bilhete vendido no site da Latam é de R$2.404,78, e podemos interpretá-lo de várias formas:

Como emitir uma passagem para o Japão com desconto de até 70% usando o LATAM Pass

  • Como são necessários 71.000 pontos Latam Pass, o custo de cada milheiro sai R$34,15. Este pode ser o valor que a Latam precifica o valor de seu milheiro em situação normal
  • Para quem utilizou as estratégias corretamente e conseguiu gerar o bilhete a R$945, a economia em relação ao preço pagante foi de 61,0% (ou 63,9% se tiver status Elite). Incluindo a economia na taxa de embarque, o desconto total foi de 60,3% (62,8%).

Não sei se vocês perceberam, mas as taxas de embarque para os mesmos trechos saíram com valores bem diferentes: R$178,90 quando emitido com milhas e R$408,96 quando pagante. Qual será o motivo? Não deveria ser o mesmo?

Comparando todas as taxas cobradas, reparei que no bilhete pagante há cobrança de imposto sobre o transporte nacional (MIA – 7,75%) de R$205,82 e os encargos ao passageiro, de R$24,24. Cheguei a consultar alguns especialistas mas ninguém soube me responder; será que a cobrança sempre foi dessa maneira?

Segundo Trecho – Destino Tokyo

Um benefício de estar em Los Angeles é que existem voos diretos para Tokyo, sendo um deles da Delta, parceira da Latam. Ao pesquisar esse trecho, existe boa disponibilidade:

Cada trecho sai por 48.000 pontos Latam Pass, de/para o aeroporto de Haneda. Como é um voo operado pela parceira Delta, não existe o desconto de 10% para os clientes Elite no Latam Pass.

Custo de Emissão LAX-HND-LAX

Considerando o mesmo bônus de 163,6% do Bumerangue Livelo-Latam Pass, seriam necessários 37.000 pontos Livelo que, comprados a R$35 o milheiro, resultaria num custo total de R$1.295, com taxas de embarque de R$330,53, totalizando R$1.626 .

Como emitir uma passagem para o Japão com desconto de até 70% usando o LATAM PassCusto do Mesmo Bilhete Pagante

O mesmo bilhete adquirido no site da Delta resultaria num valor total de R$5.745, ou seja, a emissão com milhas gerou uma economia de 71,7% no preço pagante.

Por curiosidade, resolvi consultar as taxas de embarque desse bilhete pagante, em detalhes:

Comparando com as taxas de embarque do bilhete emitido com milhas, USD99,55, cerca de R$535, ou mais de R$200 mais caro que a emitida com milhas. O item responsável pela diferença é o Imposto de Embarque Internacional dos EUA, de USD38,20.

Esse era um custo que jamais tinha parado para comparar e, se for realmente dessa forma, mais uma vantagem em gerar os bilhetes com milhas, não é mesmo?

Menor Custo do Bilhete Pagante

Fizemos a comparação do custo de emissão com milhas com o mesmo bilhete pagante, mas será que não existem tarifas melhores que a da Delta?

Sim, realmente existem, tanto pela Japan Airlines, All Nippon Airways e United, que cobram em média R$5.420. Em relação a esse preço, o desconto foi de 70%, um excelente negócio. Alguma dúvida de que a emissão com pontos é mais vantajosa?

Emissão Total em Pontos Latam Pass x Tarifas Pagantes

O resumo de todos os cálculos dos dois trechos (para clientes com e sem status Elite na Latam Pass) foi a seguinte:

Como emitir uma passagem para o Japão com desconto de até 70% usando o LATAM Pass

A quantidade de pontos necessária para essa emissão de uma passagem com pontos LATAM Pass para o Japão foi de 71.000 para os trechos Brasil/EUA e 96.000 para os trechos EUA/Tokyo, totalizando 167.000 pontos.

Para clientes Elite, 64.000 e 96.000 pontos, respectivamente, totalizando 160.000 pontos.

Coincidentemente 160.000 foi a mesma quantidade de milhas necessária para voar em classe econômica no programa TAP Miles&Go, conforme meu post anterior.

Contudo, o custo com pontos Latam Pass saiu vencedor, em função da maior bonificação na transferência (163,6% x 133,3%) e também pelas menores taxas de embarque (R$509,43 x R$652,23), mesmo com a parada em Los Angeles.

Como emitir uma passagem para o Japão com desconto de até 70% usando o LATAM Pass

Algumas Palavras

Este foi mais um exercício para tentar mostrar a vocês, queridos leitores, sobre a economia quando emitimos as passagens com pontos/milhas.

Para minha surpresa, o programa Latam Pass teve o menor custo para uma passagem para o Japão, com desconto superior a 70% em relação à mesma tarifa pagante.

Vou procurar simular outros destinos e/ou outros programas das companhias aéreas no futuro, para compartilhar outras oportunidades que existem para quem opera com milhas.

Mas gostaria do feedback de vocês, se a forma de apresentação está satisfatória. Entendo que para os experts no assunto isso é relativamente fácil, mas meu objetivo é que você que ainda está iniciando nesse mundo consiga compreender os cálculos apresentados.

Se tiver alguma sugestão, por favor deixe seu comentário.

Até a próxima!