Empresas do Oriente Médio testarão o IATA Travel Pass – O passaporte da saúde da IATA

0
Empresas do Oriente Médio testarão o IATA Travel Pass - O passaporte da saúde da IATA
Foto: Vincenzo Pace

Conforme nós havíamos noticiado há algum tempo, a IATA está trabalhando para lançar um passaporte da saúde, o IATA Travel Pass, que armazenará informações de saúde dos passageiros.

A previsão da IATA era de lançar o IATA Travel Pass no primeiro trimestre e, segundo o Simple Flying, os trabalhos estão avançados e as empresas aéreas do Oriente Médio, mais precisamente Emirates e Etihad, serão as primeiras a testar o novo dispositivo.

O objetivo da IATA com o passaporte da saúde é garantir que os passageiros tenham todos os resultados dos seus testes de covid-19 e vacinas armazenados no aplicativo e alinhado com os requerimentos de entrada do país de destino.

Sobre o aplicativo, Mohammad Al Bulooki, Chief Operating Officer da Etihad disse o seguinte:

Testes contra covid-19 e vacinas serão fundamentais para o mundo começar a voar novamente. Em 01 de agosto de 2020, a Etihad se tornou a primeira empresa aérea a solicitar aos seus passageiros testes negativos da covid-19 antes do embarque para todos os seus passageiros, oferecendo assim maior segurança aos nossos passageiros.

Nossa prioridade na Etihad é garantir que os nossos passageiros uma viagem sem grandes problemas e ao mesmo tempo se sentindo seguros. Ser uma das primeiras empresas aéreas do mundo a desenvolver uma parceria pioneira com a IATA em relação ao passaporte da saúde nos coloca afrente de nossos concorrentes.

Tanto Emirates quanto Etihad já estão se preparando para implementar o IATA Travel Pass, ou passaporte da saúde. Aos passageiros da Etihad lhes será oferecida a oportunidade de usar o aplicativo em determinados voos da empresa a partir de Abu Dhabi ao longo do primeiro trimestre.

Já na Emirates, haverá o que a empresa está chamando de “fase 1”, especificamente em Dubai e permitirá aos passageiros validarem os seus testes de covid-19 antes da partida. Assim como a Etihad, a empresa espera implementar o uso do aplicativo em toda a sua malha a partir de abril.

E vocês, pretendem usar o passaporte da saúde da IATA?