França vai permitir entrada de brasileiros em agosto

11
Torre Eiffel, Paris, França
Torre Eiffel, Paris, França

A França vai permitir a entrada de brasileiros a partir do dia 1o de agosto. As informações constam do site da Air France.

OBS: Surgiu uma dúvida sobre se essas condições só se aplicam a brasileiros residentes na França ou que estejam indo para estudos. O site da Air France não faz essa ressalva. Entretanto, anteontem o governo francês havia dito que o turismo ainda estava vetado. Como as condições mudam diariamente, fica a dúvida.

A partir de 1º de agosto, as condições para entrar na França mudam.

– Para todos os passageiros viajando para a França Metropolitana vindo dos destinos citados abaixo, recomenda-se um teste negativo para o Covid-19 (teste PCR), realizado menos de 72 horas antes do voo. Sem esse teste, os tempos de espera na chegada serão maiores para acomodar a realização do teste e pode ser imposta uma quarentena de 14 dias.

São impactados todos os clientes que chegam: da África do Sul, da Argélia, do Brasil, da Índia, de Israel, do Kuwait, de Madagascar, de Omã, do Peru, do Catar, da Sérvia, da Turquia, de Bahrein, dos Emirados Árabes Unidos, dos Estados Unidos e do Panamá

Esta lista de países pode mudar.

– Para todos os clientes viajando para os Territórios Ultramarinos Franceses um teste negativo recente de Covid-19 (PCR), realizado menos de 72 horas antes do voo é obrigatório.

Devido à exigência ou recomendação de alguns países para que passageiros apresentem um certificado que confirme o resultado negativo do teste PCR para o COVID-19, o grupo Air France KLM no Brasil firmou uma parceria com o Grupo Fleury que oferece valores especiais para a realização do teste PCR.

Por favor, observe que você deve apresentar um Certificado de Viagem Internacional na sua chegada. Você pode baixar o certificado no site do Ministério do Interior da França.

Algumas Palavras

A notícia é animadora para aqueles que precisam ir para a França – seja para estarem perto de pessoas queridas, seja para trabalhar.
Para os turistas como eu, a notícia deve ser vista com cuidado. O texto fala explicitamente que uma quarentena de 14 dias pode ser imposta. Ou seja, não há qualquer garantia que o passageiro poderá circular livremente na França quando chegar.
Além disso, saindo de São Paulo ou Rio de Janeiro, são quase 12 horas em um avião para Paris. E, chegando lá, ainda devemos contar com restrições em diversos lugares – restaurantes, museus etc. A vida ainda não voltou ao normal, e por ora, pode ser melhor ficar em casa do que gastar dinheiro para fazer um turismo à meia-boca.
Mas é claro que cada um sabe de si …
Para acessar as informações no site da Air France, clique aqui.
Portal das Malas