GOL divulga resultados de suas operações em dezembro

6
GOL divulga resultados de suas operações de dezembro
GOL B737 MAX

A GOL Linhas Aéreas divulgou hoje os resultados preliminares de suas operações no último mês de dezembro. Confira abaixo alguns dos indicadores da empresa.

Embora as operações ficaram 33% acima daquelas de novembro, como é de se esperar todos os números da empresa estão muito abaixo do que eram a um ano atrás.

Durante o mês de dezembro a GOL operou em média 476 voos por dia, reabriu três bases (Jericoacoara, Caldas Novas e Cabo Frio). Os números abaixo são a variação em relação ao mês de dezembro de 2019:

  • Partidas: -40,3%
  • Ocupação das aeronaves: -1,0% (caiu de 82% para 81%)
  • Número de passageiros transportados: -41,1%

Já ao se comparar o ano de 2020 com 2019 é quando se tem a melhor percepção do tamanho do tombo levado:

  • Partidas: -52,0%
  • Ocupação das aeronaves: -1,9%
  • Número de passageiros transportados: -54,0%

O único número que tem se mantido é a ocupação das aeronaves, no entanto, para conseguir isso a malha foi reduzida à metade. Espera-se que com isso os voos operados tenham tido resultado positivo, mas que não devem ser suficientes para eliminar o prejuízo da empresa ao longo do ano.

Todos os resultados acima referem-se às operações nacionais da GOL, já que todos os seus destinos internacionais ainda estão suspensos.

B737 MAX Devolta na Malha

Conforme divulgamos em dezembro, a GOL foi a primeira empresa aérea do mundo a colocar o B737 MAX em voos comerciais depois de encerrado o processo de resertificação e tendo o aval da ANAC.

A GOL conta hoje com 7 B737 MAX, que estão todos em operação, além de novos aeronaves já prontas e na fábrica da Boeing esperando para ser entregues. A questão é quando virão!

Para tentar minimizar o medo dos passageiros em voar no B737 MAX, de acordo com uma matéria publicada no Estadão, a GOL estava permitindo que os passageiros que não se sentirem confortáveis em voar no B737 MAX trocassem as suas passagens por outro voo.