IHG migra para tarifas dinâmicas para reservas com pontos e nós perdemos com isso

2
IHG migra para tarifas dinâmicas para reservas com pontos e nós perdemos com isso

A IHG, dona de marcas de hotéis como Regent, InterContinental, Holiday Inn e Holiday Inn Express, entre outras, migrou para tarifas dinâmicas para reservas com pontos e seguramente (como sempre) nós perdemos com isso. No entanto, esse movimento era mais do que esperado, pois dentre as grandes redes de hotéis, a IHG era o única que ainda seguia uma tabela “fixa”.

Tarifas dinâmicas – Como funcionam

O princípio, em teoria, é exatamente o mesmo de uma emissão de passagens aéreas com pontos ou milhas. Ou seja, quanto mais cheio o hotel, mais pontos serão necessários para garantir uma diária. Ainda seguindo o mesmo princípio, quais mais vazio o hotel, menos pontos seriam necessários.

Meu lado cínico, todavia, me leva a crer que raramente os preços caem na mesma proporção que aumentam.

Por que perdemos com as tarifas dinâmicas?

A grande vantagem de uma tarifa fixa é que, independente do quão cheio esteja o hotel, o valor a ser pago será sempre o mesmo. Com isso, temos a nossa fidelidade reconhecida.

Já ao migrar para uma tabela dinâmica, passamos a contar com um simples desconto no valor da tarifa. Em suma, nossos pontos foram desvalorizados!

O futuro

Nos últimos dias o blog americano One Mile at a Time publicou um artigo elogiando a mudança feita pela IHG. Isso se deve ao fato de que em muitos casos, os pontos necessários para se reservar um quarto em vários hotéis ao redor do mundo estão abaixo do que era cobrado antes.

Acho que essa será uma das únicas ocasiões em que eu discordarei do Luke, pois os preços estão baixos atualmente devido à covid-19. Os hotéis estão desesperados por hóspedes e a IHG deve ter visto nas tarifas dinâmicas para reservas com pontos, uma oportunidade de “forçar” os clientes a torrarem seus pontos ao reduzirem o valor das tarifas.

Acredito que temos que esperar até que a situação da covid-19 desapareça para podermos tirar melhores conclusões dessa alteração. Mas, a história mostra que mudanças como essa não são promissoras.

Algumas Palavras

Devido à acanhada presença de hotéis da rede IHG no Brasil, o número de clientes brasileiros impactos por essa mudança é relativamente pequeno. Mas mesmo assim, não é bom ver o valor de nossos pontos perdendo valor.

E mais uma vez o reconhecimento pela nossa fidelidade é colocado em segundo plano!

Para Saber Mais

Curioso para saber como é se hospedar em algum dos hotéis da rede? Aqui você pode ler um dos nossos review.