Já passam de 40 os países que suspenderam voos para o Reino Unido devido à mutação do covid-19

2
Já passam de 40 os países que suspenderam voos para o Reino Unido devido à mutação do covid-19

Ontem eu publiquei este artigo falando sobre uma mutação do covid-19 que foi identificado no sudeste da Inglaterra e em Londres, levando a um novo e mais severo lockdown nas regiões afetadas.

Na última atualização que fiz no artigo, já eram 20 o número de países que haviam temporariamente suspenso os voos para o Reino Unido. Desde então o número não parou de subir e agora já passe de 40 o número de países que baniram as viagens aéreas e terrestres.

Confira abaixo a lista de países cujos voos estão suspensos:

Europa

Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Dinamarca, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Holanda, Irlanda, Itália, Látvia, Lituânia, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Romênia, Suécia, Suíça e Turquia

Ásia

Hong Kong, Índia, Paquistão e Rússia

Oriente Médio

Irã, Israel, Jordânia, Kuwait, Omã e Arábia Saudita

Américas

Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, El Salvador e Peru

África

Marrocos e Tunísia

Nova Variação do Covid-19

Segundo dados iniciais, a nova variação do vírus chega a ser 70% mais contagiosa. Porém, não há indícios de que seja mais letal ou resistente à vacina que está sendo aplicada na população. A preocupação maior, como sempre, é a superlotação nos hospitais; daí a restrição no movimento das pessoas.

Além do Reino Unido, a nova mutação do vírus já foi detectada na Alemanha, Bélgica,  Dinamarca e Austrália. No entanto, esta mutação do virus da covid-19 não é nova e já era conhecida pelos cientistas desde setembro e o que estamos tendo agora é apenas o pico da contaminação.

Impacto nas Viagens

Essa mutação do vírus da covid-19 aplica mais um golpe na indústria de viagens que já está de joelhos desde março. Dentre as empresas aéreas, British Airways e Virgin Atlantic serão as mais atingidas.

Acredito que por algum tempo as empresas virão a suspender quase a totalidade de seus voos até que a situação se normalize, se é que teremos alguma normalidade nos próximos meses.