Lembranças do meu primeiro voo

19
Lembranças do meu primeiro voo

Devido ao pandemonium atual, por alguma razão as lembranças do meu primeiro voo vieram à tona nos últimos dias e … meu Deus … já faz tanto tempo!!!

O planejamento do meu primeiro voo

Aqueles da minha idade irão se lembrar daquela época onde a paridade do dólar para o real era de 1:1. Eu estava no fim do meu segundo ano de faculdade e consegui convencer Papa Tusco que seria bom para o meu futuro passar um tempinho nos Estados Unidos estudando inglês. E olha onde eu vim parar no final das contas!

Depois de vencida a fase do convencimento onde os cofres do tio Patinhas se abriram, começou o planejamento. Destino escolhido … hello Dolly Parton! Me debrucei a planejar os detalhes!

Refletindo sobre isso agora, eu acho que essa viagem foi o meu primeiro mileage run (sem necessariamente juntar nenhuma milha), mas já já voltamos a falar disso! A euforia antes da viagem foi uma loucura, pois eu passava horas e horas pensando nisso.

Viajei com um amigo da faculdade, o grande Paulo, e todas as vezes que nos reuníamos para estudar para os exames o assunto era sempre o mesmo – nossa viagem! Acho que até por causa disso acabei levando uns paus (como dizíamos na época) em algumas matérias.

A viagem para os Estados Unidos

Como a viagem foi nos idos de 1900 e guaraná com rolha, a empresa escolhida foi … a Transbrasil. E agora vem o roteiro!

São Paulo – Brasília – Washington – Nova York – Chicago – Nashville (com direito a troca de aeroporto em Nova York)

É ou não é um mileage run?

A voo foi em um B767 com imigração em Washington. Obviamente foi em econômica e para ser sincero eu nem sabia o que era classe executiva! E olha que eu já tinha uns 20 e alguma coisa anos!

Eu me lembro de cada momento. Chegar no aeroporto de Guarulhos pela primeira vez, o check in, a espera para o voo, o embarque. E finalmente a decolagem. Eu nem me lembrei que deveria sentir medo.

Depois da paradinha em Brasília rumamos para o Norte, jantar, bebidas. A simplicidade da classe econômica era um glamour para mim. O garotinho do interior na sua primeira viagem internacional. Confesso que naquele momento a minha felicidade era maior do que a de qualquer passageiro da executiva!

Obviamente os tempos mudam, mas há um detalhe da viagem que hoje me parece hilário. Eu estava na classe de não fumantes … a fileira atrás da minha já era a de fumantes! E a diferença era????

Nova York – Nashville

Nashville

Com a imigração feita em Washington, a chegada em Nova York foi tranquila. Para variar o tempo de conexão era uma vida … ou quase. Decidimos nos juntar, tomar um táxi e ir passear em Manhattan antes de seguir para o Tennessee.

Bem … o tempo de passear em Manhattan se resumiu a uma ida ao Mc Donalds! Mas, cá entre nós, na época já era um passeio e tanto.

De volta ao aeroporto, dessa vez em Laguardia, era hora de voar … United! Todos a bordo de um B737-300, seguimos para Chicago, troca de avião e de lá para Nashville.

E eis que ao chegar em Nashville eu vi neve pela primeira vez!

Algumas Palavras

Aí vem “aquele” dia, muito tempo depois do meu primeiro voo, que ao entrar em um avião eu fui para a esquerda ao invés de seguir para a direita … mas isso é assunto para um outro post!

Conta aí, quais são as lembranças do seu primeiro voo?

Portal das Malas