Londres Heathrow: o caos de transitar entre o T3 e o T5

0

O aeroporto de Londres Heathrow é um dos maiores e mais movimentados do mundo, tranportando mais de 70 milhões de passageiros ao ano. Heathrow é um desafio para os passageiros que de lá partem: a temida APD (Air Passenger Duty), a taxa aeroportuária mais cara do mundo, o que encarece demais a passagem, especialmente em cabines premium.

Pois esse aeroporto, tem quatro grandes terminais operantes, um deles – o T5 – integralmente dedicado às operações da British Airways e da Iberia. Mas nem todas as operações da British Airways saem do T5. Alguns voos para os EUA, como Miami e Dallas, e algumas cidades europeias como Praga, Viena e Lisboa operam a partir do Terminal 3. Do T3 também abriga os voos das parceiras American Airlines, Cathay Pacific, Qantas, LATAM e Finnair. A Qatar opera do T4, junto com a Malaysia.

Mas Heathrow tem um sério problema: não tem trem dedicado conectando os terminais. Então, para transitar entre os terminais é preciso entrar numa fila e pegar um ônibus. Todos os passageiros que tem que ir do T5 para o T3 ou vice-versa passam por isso.

Da última vez que estive lá, cheguei de Vienna no T3 e tive que ir para o T5, de onde partem os voos para o Brasil. Gente, todos os passageiros que precisavam trocar de terminal vão pra fila do ônibus. São hordas de pessoas em um fluxo incessante. Eu demorei meia hora na fila! Depois, são mais uns 10 mins de passeio de ônibus pela pista lateral do aeroporto.

Aí, chegando no outro terminal, você tem que passar pelo raio-x. E eles são chatíssimos com a diretiva de separar os líquidos em um saco plástico transparente em separado.

Gente, é um inferno! Quem tiver que fazer esse trânsito, reserve umas 3 horas para a conexão. A gente sempre tem que contar com um atraso de, pelo menos, 1 hora no voo de chegada. Pelo menos é assim que eu faço lá. Pra dizer a verdade, me sinto mais confortável a partir de 3 hrs e meia de conexão, pra dar tempo de dar uma relaxada no lounge.

Enquanto eu estava na fila, fiquei ponderando se não teria sido mais fácil pra mim ter passado pela imigração, porque a fila não estava cheia. Além disso eu tinha prioridade porque estava viajando na executiva da British Airways (se for Oneworld Emerald também tem prioridade).

Daí eu pegaria o Heathrow Express que, apesar de ter o centro de Londres como destino final, liga o T3 e o T5 gratuitamente. Além disso, por ser Oneworld Emerald eu teria o direito de fazer o checkin em uma área dedicada exclusivamente aos passageiros de primeira classe da BA ou Oneworld Emerald. Eu já estive no aeroporto de Londres diversas vezes como OW Emerald e não tive oportunidade de conhecer o novo check-in premium.

Eu decidi enfrentar a fila do ônibus mesmo porque eu podia dar um azar danado e demorar mais de 30 mins com imigração + caminhada + trem + caminhada + segurança/raio-x. E olha que não estou contabilizando o tempo que se leva quando já na área geral do T5, os brasileiros descobrem que tem que descer 2 lances de escada rolante e pegar um trem subterrâneo com uma parada antes de chegar a um terminal satélite de onde partem os voos para o Brasil …

Na minha próxima viagem, escolhi sair de Amsterdam para Londres e depois para o Brasil, justamente porque os voos de Amsterdam chegam no T5. Assim, eu não precisaria entrar na fila do ônibus.

Mas se eu puder evitar, eu só vou escolher voltar com a British para o Brasil se eu estiver conectando na Europa de uma cidade de onde as chegadas sejam no T5. Isso exclui Lisboa, Viena, Praga, Budapest etc.

Como geralmente é a experiência de vocês em Heathrow? Também tiveram que trocar de terminal?