Cuidado ao planejar suas férias voando Alitalia!

17
Avião da Alitalia
Avião da Alitalia

Quem acompanha o mundo da aviação com certeza conhece o histórico financeiro (e problemático) que a Alitalia sempre apresentou. Aliás, pouco tempo atrás recomendava-se não emitir passagens aéreas com a companhia para datas muito distantes, principalmente depois da Etihad amargar um prejuízo monstruoso ao investir na empresa.

Novidades da Alitalia

Mais uma vez, escrevo um artigo de alerta! Uma nova notícia foi veiculada na Reuters onde foi relatado pelo Ministro da Indústria Italiano, Stefano Patuanelli, que a Alitalia tem chegado a prejuízos diários de cerca de 2 milhões de Euros!! Você não leu errado! A aérea estatal queima do contribuinte italiano 750 milhões de Euros ao ano!! Engraçado que alguns dias antes do posicionamento do ministro, o mesmo havia anunciado prejuízo mensal de 2 milhões de Euros (alguma coisa está muito errada com essa administração, não?).

A matéria ainda informa que as tratativas para tentar criar um consórcio de investidores com a Delta falhou. Com a situação atual da companhia e seu modo de operar, dificilmente conseguirão vendê-la. Por se tratar de uma empresa do governo italiano, existem certos benefícios para os funcionários, o sindicato atua muito forte sobre a companhia, além de ser um cabide de empregos enorme (não consegue-se enxugar a estrutura para redução de custos).

Desta maneira, fica aqui o alerta para tomar cuidado ao decidir emitir bilhetes com a companhia aérea, principalmente para datas mais distantes no ano de 2020. Sei que existem boas oportunidades de resgates através do Smiles, com bilhetes a cerca de 38.000 milhas para a Europa, mas todo cuidado é pouco!

Algumas Palavras

Todas as vezes que a companhia enfrentou algum tipo de risco de falência, o governo injetou capital para salvá-la. Resta saber até quando o contribuinte italiano vai aceitar esse tipo de gasto, uma vez que o mercado aéreo italiano conseguiria ser rapidamente absorvido por outros operadores europeus.