Medo de Voar e Palavras que Acalmam

2
Medo de Voar e Palavras que Acalmam

Medo de voar e palavras que acalmam funcionam … e muito, acredite!

Quem segue o Pontos e Viagens irá se lembrar que há algum tempo publicamos um artigo super legal do André e do Micky no Histórias e Viagens que discutia um pouco a questão dos ESA (Emotional Support Animal) a bordo, como ajuda aos passageiros que têm fobia de avião.

Infelizmente, por uma ou outra razão, apenas a minoria dos passageiros tem o privilégio de ter um ESA a bordo. E aí, o que fazer se o seu pet não está por perto?

Recentemente eu fiz um voo de Vienna para Londres com uma pessoa muito próxima e que tem verdadeiro pânico da decolagem e da aterrisagem. O nervosismo chega ao ponto de cravar as unhas nos braços da poltrona.

Para piorar as coisas, nesse voo de Vienna para Londres, o tempo não estava dos melhores. Já havíamos recebido e-mails da empresa aérea dizendo que provavelmente teríamos atrasos devido às condições climáticas no espaço aéreo europeu. E uma vez a bordo, o comandante alertou sobre turbulência na subida e na aproximação e aterrisagem em Londres devido ao vento forte.

A partir daí, imaginem a adrenalina e os nervos! O simples fato da aeronave taxiar e se posicionar para a decolagem já foi o suficiente para desencadear o pânico. Felizmente, a tripulação, ao se dar conta da situação, veio até nós.

O que poderiam fazer? Teoricamente nada, certo? Mas algumas doces palavras e o convite para ficar em contato visual com eles o tempo todo, por incrível que pareça, teve um efeito positivo.

E da mesma forma, quando começamos os procedimentos de descida, a comissária veio até nós novamente e nos alertou que iríamos “balançar” um pouco. Todavia, tudo estava sob controle!

O medo desapareceu? Claro que não, pois as unhas continuavam cravadas nos braços da poltrona. Mas eu pude perceber que o contato visual e um leve sorriso aqui e ali certamente ajudaram a amenizar aqueles “longos” 5 minutos.

Algumas Palavras

O medo de voar é algo muito comum e nós, entusiastas, por vezes ignoramos isso até mesmo com as pessoas muito próximas a nós. Essa experiência, com uma tripulação maravilhosa e atenta, serviu acima de tudo para chamar a minha atenção para a importância que algumas palavras de apoio podem ter para alguém que está em pânico.

Lembre-se disso, nas suas próximas viagens, quando alguém ao seu lado estiver com medo de voar!