Mudanças Drásticas na Etihad

14

Os efeitos da desvalorização do petróleo são visíveis da Etihad. Uma das companhias aéreas 5 estrelas da Skytrax e considerada a melhor primeira classe do mundo, a cada dia que passa a empresa elimina algum benefício dos passageiros de cabines premium ou adota novas estratégias para gerar receita.

Vejamos o que mudou recentemente:

1 – Hoje a empresa anunciou que o serviço de chauffeur para passageiros da executiva e primeira classe não será mais oferecido em países estrangeiros para passagens emitidas a partir de 3 de julho. O benefício só será concedido nos Emirados Árabes (para competir com a Emirates, of course!). Os passageiros do The Residence, em qualquer país, também não serão afetados.

2 – O segundo anúncio do dia é o leilão de assentos na econômica. Os passageiros agora poderão manter até 3 assentos ao lado vazios mediante lances de leilão. O lance é oferecido no momento da reserva e confirmado, dependendo da disponibilidade e configuração da cabine, até 30 horas antes do embarque. É estratégia semelhante àquela oferecida pela Azul e pela Air New Zealand.

3 – Passageiros da executiva poderão acessar o lounge da primeira classe mediante pagamento.

4 – Passageiros da econômica poderão acessar o lounge da executiva mediante pagamento.

Além do preço do petróleo, não podemos esquecer o caminhão de dinheiro que a Etihad perdeu investindo na Alitalia na AirBerlin.