Multiplus: o fim do lote único do KM de Vantagens

0

A Multiplus não está mais oferecendo o lote único do KM de Vantagens. A descoberta foi feita por meio de uma dica da leitora Cecília, a quem desde já agradeço.

Entrei na minha conta e verifiquei que o lote não está mais disponível.

O lote único era aquele em que era possível converter 10.000 KM em 10.000 pontos Multiplus por R$ 154,90. Ele era o último dos lotes oferecido para toda a base de clientes que ainda valia a pena. O valor era tão bom que só era permitida a troca de 1 lote por CPF a cada 12 meses.

Isso fazia com que o milheiro saísse por R$ 0,0154, cerca de metade do que é oferecido na compra de pontos diretamente com a Multiplus com desconto de 60%.

O impressionante é que no dia 6 de agosto eu escrevi um post falando justamente como o KM de Vantagens deixou de ser um parceiro atrativo da Multiplus.

No post eu tecia as seguintes considerações:

Raramente tenho publicado promoções envolvendo o KM de Vantagens e a Multiplus, porque elas simplesmente não valem a pena para quem quer usar os pontos Multiplus para emitir bilhetes. 

Excepcionalmente, em julho, a Multiplus fez uma boa promção oferecendo os 30% de bônus em pontos Multiplus para transferências, não exigindo sequer afiliação ao seu Clube. 

Mas a promo era da Multiplus para diversos parceiros e, por acaso, o KM de Vantagens não estava na lista dos excluídos (clique aqui para lembrar).

Diga-se de passagem que isso não é nenhuma caridade, já que nas origens da reformulação do Clube Multiplus em janeiro de 2018, os membros do Clube 10.000 já receberiam esse bônus automaticamente.

Mas como todos (ou a maioria) se lembram, os benefícios do Clube foram erodindo rapidamente até o ponto que o Clube 10.000 tem pouquíssimos benefícios. Quem aí ainda tem Clube 10.000?

[…]

A tônica geral das últimas promoções que o KM de Vantagen promove com pontos Multiplus têm sido a mesma: você transfere os KMs para a Multiplus, sem bônus, e recebe o KM de Vantagens de volta na conta.

E ainda tem um detalhe: tem gente que não presta atenção no texto da promo e acha que vai receber 4.000 pontos Multiplus de bônus, quando na verdade são 4.000 KM.

Ou seja, você usa uma moeda fraquíssima (KM de Vantagens), paga uma taxa de transferência e converte essa moeda em outra moeda mais forte, o ponto Multiplus, e gera um cashback na moeda mais fraca. A taxa de transferência gira em torno de R$ 30,50/33,00 pelo milheiro Multiplus.

[…]

É claro que temos que levar em consideração que, como o KM de Vantagens há alguns anos era uma festa para quem abastecia o carro no Ipiranga, tem muita gente com milhões de KM na conta e a transferência desenfreada com bônus de 30% dá prejuízo para a Multiplus. 

Imagino que sejam esses os clientes que a Multiplus queira impedir de gerar pontos a um valor muito baixo. Mas já há a limitação de 30.000 pontos bônus/mês. 

Logo, não justifica que a parceria não possa lançar ações promocionais benéficas para todas as partes envolvidas: nós, KM de Vantagens e Multiplus.

Então, fica a dica: melhorem. Vocês podem. Basta querer.

Mas aí a Multiplus fez exatamente o contrário: piorou o cenário da parceria!

E, como de costume, fez tudo sem qualquer aviso prévio aos clientes. Algum leitor ou blogueiro é que faz a descoberta e avisa aos demais.

Eu juro que não entendo essa estratégia, mas imagino que ela esteja dando certo, não? Os clientes continuam afiliados ao programa, compram pontos, participam ativamente das promoções e dão lucro para a empresa, independentemente da postura que esta adota perante esses mesmos clientes.

Tenho certeza que lerei comentários indignados aqui no post. Mas também tenho certeza que somente meia-dúzia de leitores irão efetivamente demonstrar sua indignação enviando menos pontos ou não participando das promoções.

Não haverá mudança na política das empresas e no seu modelo de negócios enquanto os consumidores não demonstrarem o seu repúdio às práticas comerciais para lá de questionáveis. #ficaadica

Atenção, gente!Leia o post atualizado, aqui!