O catering da Turkish Airlines na pandemia

13
O catering da Turkish Airlines na pandemia
Turkish Airlines Business Class JFK - IST B773 fev 2018

A Turkish Airlines voltou a operar alguns voos de longa distância. A empresa é mundialmente reconhecida pelas excelentes refeições servidas aos passageiros, a cargo da DO&CO – que também é responsável pelo catering da Austrian Airlines.

Turkish Airlines Business Class JFK - IST B773 fev 2018
Turkish Airlines Business Class JFK – IST B773 fev 2018

Entretanto, como noticiado aqui no Pontos e Viagens no início de junho, a companhia aérea turca mudou drasticamente o catering a bordo de suas aeronaves em virtude da pandemia (clique aqui para lembrar).

A drástica mudança atingiu todos os voos, inclusive aqueles com mais de 8 horas de duração, que passaram a ter as seguintes ofertas a bordo:

Classe executiva: duas caixas com refeição fria.

  • 1a caixa: sanduíche ou wrap, dois mezzes, salada, sobremesa e água, além de chips e pide.
  • 2a caixa: sanduíche, um mezze, salada e sobremesa.

O Atual Catering da Turkish Airlines ao Vivo e em Cores

Ontem, dando uma olhada na internet me deparei com fotos de uma passageira na classe executiva de um voo da Turkish entre Istambul e Nova York ainda nessa semana.

Segundo ela, não há mais o chef a bordo e nem o carrinho para a seleção de pratos. A refeição principal, que era única, era pão com manteiga, duas entradas (uma delas parece hummus e a outra, alguma coisa com berinjela), uma salada, com sanduíche frio, e sobremesa. Tudo servido em uma caixa de papelão e acondicionado em containers plásticos. Para beber, além de refrigerantes, água e sucos, só havia cerveja e uma opção de vinho tinto e outra de branco. Também não havia cardápio.

Catering na Executiva da Turkish na Pandemia IST - JFK
Catering na Executiva da Turkish na Pandemia IST – JFK

A segunda refeição, o café da manhã, foi servida cerca de 90 minutos antes do pouso em Nova York consistiu de um sanduíche de frios com ovo cozido, iogurte frutas, geleia e manteiga e um pedaço de bolo.

Catering na Executiva da Turkish na Pandemia IST - JFK
Catering na Executiva da Turkish na Pandemia IST – JFK

Algumas Palavras

Infelizmente, a Turkish Airlines decidiu racionar a comida a bordo como se estivéssemos em tempo de guerra. Segundo o Claudio, o voo dele com a LATAM foi melhor …

É de se esperar que o serviço de bordo sofra um downgrade em virtude das sérias dificuldades que as empresas estão passando nesse momento. Mas, como falei no outro post sobre a empresa, a proposta atual chega a ser ofensiva.

Não ter comida quente em um voo de mais de 8 horas, para mim, passa do limite aceitável. Não conheço companhia aérea do nível da Turkish que tenha tomado essa atitude (teve, gente?).

Imagino que isso seja passageiro, mas espero fervorosamente que a empresa reveja essa decisão, já que está sozinha nessa medida.

É uma pena enorme, porque a Turquia é um dos únicos países europeus que está aberto para nós brasileiros. E quem tiver coragem de viajar de avião em longas distâncias em tempos de COVID não tem muito a esperar no trecho São Paulo – Istambul.

É por essas e outras que estou quietinha aqui em casa …