O que são os assentos bloqueados em uma aeronave?

0

Um leitor que estava pesquisando disponibilidade de voos me perguntou por que havia sempre dois assentos bloqueados em determinada aeronave para voos que só ocorrerão daqui a dez meses e não tem ninguém mais na cabine.

Há diversos motivos pelos quais as companhias aéreas fazem isso. Nas aeronaves mais antigas, como os B767 e B757, não há um espaço “escondido” reservado para os tripulantes descansarem em voos de longa distância.

Aliás, acho que nos modelos iniciais do B777 também não havia, pois me lembro bem de ver o comandante ou o co-piloto dormindo em um assento da primeira classe na AA.

Nesses casos, a companhia aérea então não disponibiliza esse assento para a venda em nenhum momento.

Nas aeronaves mais modernas, por outro lado, há compartimentos específicos para a tripulação dormir (que é assunto desse post aqui).

Entretanto, ainda é possível ver que muitas companhias aéreas mantêm assentos bloqueados, como a LATAM, por exemplo. O mapa de assentos abaixo é de um voo entre São Paulo e Johannesbourg em julho de 2020. Há 4 assentos bloqueados. Eles são exclusivos para membros Black Signature.

Ainda que nenhum BS adquira bilhetes para esses assentos, pelo menos dois ficarão bloqueados até a hora que o check-in abre, oportunidade em que dois clientes Black Signature que tenham emitido bilhetes na econômica com pontos consigam o upgrade.

A JAL, por sua vez, sempre bloqueia os assentos 1A e 1K para seus clientes Diamond, o maior status do seu programa. Mas qualquer passageiro da first pode solicitá-los no check-in, se estiverem disponíveis.

Já a Qatar bloqueia os assentos do centro das QSuites para reservas de 4 pessoas no mesmo PNR. Afinal de contas, a cabine foi projetada justamente para esses casos. A empresa também bloqueia assentos para seus passageiros mais fiéis, como fazem a JAL e a LATAM.

Há também uma outra razão bem prosaica para o bloqueio de assentos e, nesse caso, é na econômica. Quando eu era United MileagePlus Gold voando na econômica, eu pedia para bloquearem o assento ao meu lado, para viajar com um pouco mais de conforto. O pedido sempre foi prontamente atendido. É claro que, no caso de o voo estar cheio, o bloqueio cairia e eu viajaria com alguém ao meu lado.

Na American eu também conseguia esse bloqueio, mas sempre dependia da simpatia do atendente do check-in ou do Admirals Club.

Imagino que tenham outros tantos motivos para que as companhias aéreas bloqueiem assentos. As razões acima são apenas as mais comuns.