O real motivo por que a Korean Air cancelou a rota Seul – São Paulo

18

Nos dias 26-29 de agosto, altos executivos de diversas companhias aéreas estão juntos no Wynn em Las Vegas para o Annual Forecast Summit, organizado pelo Boyd Group International (uma empresa de consultoria na área de aviação comercial).

O vice-presidente da Korean Air, John Jackson, acaba de afirmar que a exigência de visto de trânsito pelos EUA foi a principal causa do cancelamento da rota entre Seul e São Paulo. Ele afirmou que havia um desestímulo bilateral dos passageiros, que preferiam chegar ao seu destino via Europa, que não exige visto para sul-coreanos ou brasileiros. E o povo aqui achando que era por conta da economia …

Ainda no Summit, o CCO da TAP, Trey Urbahn, disse que o novo A321neoLR vai permitir que a empresa inaugure novas rotas para os EUA e para o Brasil.

Gente, a não ser que a TAP seja muito benevolente com os passageiros, cruzar o Atlântico em um narrow-body com a configuração 3-3 e distância entre assentos de 76 cm à la LATAM será uma nova forma de tortura institucionalizada.

E para finalizar, a TAP está estudando uma joint venture com a Azul, o que significa um aprofundamento nos laços entre as duas companhias, a fim de unificar tarifas para a Europa.