Oficial: Nova First e Business da Singapore Airlines

13

Finalmente, a Singapore Airlines divulgou as novas cabines do seu A380 recentemente adquirido que começará a operar em breve para Sydney.  Aquelas fotos que divulguei anteontem eram verdadeiras.

Então, vamos à First Class, que fica no 2o andar do A380.  São 6 suítes de 5m2 (o The Apartment da Etihad tem 3.6m2), com camas que ficam perpendiculares às janelas. Cada suíte tem uma cadeira de couro giratória que se move entre 135o e 270o por meio de um controle eletrônico.  A tela de entretenimento tem 32 polegadas. Ah, e caso o passageiro não tenha a menor intenção de dormir no voo,  as camas são dobráveis.

Na foto abaixo, é possível ver a cama dobrada.

Das 6 suítes, apenas duas podem ser convertidas em uma grande suíte para casal.

Há espaço de sobra para guardar os pertences a serem usados durante o voo.

Um dos dois banheiros na Primeira Classe é gigantesco, com espaço mais do que suficiente para trocar de roupa e ainda tem uma penteadeira. Mas não tem chuveiro …

Agora é a vez da Business Class. Também localizada no 2o andar do A380. Serão 78 assentos-cama em estilo concha, na configuração 1-2-1.

A tela de entretenimento é touchscreen e  tem 18 polegadas.

Os assentos do meio, com a partição abaixada, são ideais para casais viajando juntos. Especificamente ,os assentos 11D/F, 91 D/F e 96 D/F (as três fileiras de primeiros assentos) podem ser convertidos em camas de casal.

A empresa lançou um vídeo apresentando as novidades:

Opinião pessoal baseada em fotos:

A cabine de primeira classe não me impressionou tanto assim, não. Achei a escolha das cores infeliz e, como disse anteontem, me passou a ideia de um quarto de hospital com a cadeira do acompanhante. Em uma palavra: estéril.

A Singapore sempre disse que não haveria chuveiro na First, pois considera que ele tem baixa relação custo-benefício, além de ocupar valioso espaço na cabine. A empresa também manteve a palavra de que não haveria um bar a bordo, pois entende que a conversa pode atrapalhar passageiros que estejam trabalhando ou descansando. Nesse aspecto, discordo firmemente da posição da Singapore Airlines. Se o bar for adequadamente projetado, é um diferencial  que a empresa poderia oferecer – que a Qatar e a Emirates oferecem sem que haja reclamações.

A executiva, por outro lado, achei lindíssima. O design é super arrojado, o esquema de cores é bem contemporâneo e o assento garante a privacidade do passageiro. Apesar de não chegar aos pés da QSuites da Qatar Airways, será uma das mais bonitas nos céus do planeta.

E vocês? O que acharam das cabines?

Em tempo: a Singapore Airlines raramente disponibiliza assentos em cabines premium para emissão com milhas nas parceiras da Star Alliance. O jeito é se inscrever no Krisflyer, o programa de milhas da empresa, e acumular milhas lá. Ou, quem tem o AMEX antigo, pode transferir pontos para o Krisflyer. Ainda … Uma outra maneira, não muito econômica, é transferir pontos Le Club Accor para o Krisflyer. Cada 4.000 pontos Accor convertem em 2.000 milhas. Na First de Singapura para Sydney são necessárias 80.000 milhas, ou seja, 160.000 pontos Accor …

A Livelo tem parceria com a Accor nos seguintes termos:

Fazendo a matemática, como são necessários 160.000 pontos Accor, você precisará de 400.000 pontos Livelo para transferir para a Accor e de lá para o Krisflyer. É ponto, hein?

Mas, geralmente, quando as cabines são novas, as empresas demoram um pouco para disponibilizar a emissão com milhas.