Onde os tripulantes dormem em um voo longo?

0

No meu último post, comentei sobre os motivos por que as companhias aéreas bloqueiam assentos em suas aeronaves, tornando-os indisponíveis para a maioria dos passageiros, ou não os comercializando de nenhum modo (clique aqui para ler).

Um desses motivos era que as aeronaves mais antigas não têm um espaço reservado para os tripulantes. Então, era comum ver o piloto ou o co-piloto dormindo em um assento na primeira classe ou na executiva.

Os aviões mais modernos, contudo, já são projetados com um espaço dedicado à tripulação. Em voos longos, tanto os comissários como os pilotos revezam seu trabalho em turnos. Assim, há áreas fora do campo de visão dos passageiros – eu mesma nunca percebi! – onde os tripulantes descansam.

Na imagem acima, o A350XWB tem uma área reservada na parte superior da aeronave chamada OFAR (Overhead Flight Attendant Rest Area): são 8 camas para os comissários na parte posterior da aeronave, e 2 camas para os pilotos na parte superior dianteira. Notem que no design antigo, as camas ficavam na parte inferior do avião, chamada de LCRC (Lower Crew Rest Compartment).

Vejam o acesso ao compartimento superior (OFAR) do B777-300ER da Cathay Pacific:

Abaixo, o compartimento de descanso dos comissários do A380 da Emirates.

O B787 não fica a dever nada aos pilotos …

Os comissários da Delta tem sua privacidade mantida pelas cortinas no A350.

Então, da próxima vez que você estiver em um avião, lembre-se que os comissários podem estar dormindo embaixo de você …