Passageiros GOL poderão trocar de voo caso não queiram voar no B737 MAX

1
GOL divulga resultados de suas operações de dezembro
GOL B737 MAX

Nos últimos dias a GOL e seus B737 MAX têm ocupado as manchetes dos principais veículos de comunicação especializados do Brasil. Isso se deve ao fato de que, finalmente, os MAX foram liberados para voar e devem entrar na malha da empresa nos próximos dias, conforme noticiamos aqui.

Primeira Empresa do Mundo a Colocar o B737 MAX em Serviço

A GOL será a primeira empresa aérea do mundo a colocar o B737 MAX de volta na malha de voos. Segundo a empresa, a atuação dos profissionais da GOL em todas as etapas de validação das modificações implementadas pela Boeing foram feitas em conjunto com a Boeing, cumprindo todos os requisitos técnicos e operacionais, de acordo com o Plano de Treinamento aprovado pela ANAC.

“Estamos empolgados com o retorno do Boeing 737 MAX à nossa malha. O MAX está entre as aeronaves mais eficientes já produzidas na história da aviação e a única a passar por um processo de recertificação completo, garantindo os mais altos níveis de confiabilidade e segurança. Agradecemos às autoridades que participaram das etapas de validação, em especial a ANAC que, com alto grau de competência e eficiência técnica, teve papel protagonista junto aos outros órgãos internacionais.

 

Reiteramos nossa confiança na Boeing, parceira exclusiva desde o início da Companhia, em 2001, com quem sempre tivemos um relacionamento de transparência”, afirma Paulo Kakinoff, diretor presidente da GOL.

Segundo a GOL, o Boeing 737 MAX é fundamental para os planos de expansão da empresa, pois aumenta a produtividade em 24%, reduz o consumo de combustível em aproximadamente 15%. Além disso, o seu alcance é cerca de 1.000 quilômetros a mais (chegando a 6,5 mil) quando comparado com as aeronaves atuais 737NG.

Troca de Passagens

Seguramente todas as falhas de projeto do B737 MAX foram corrigidas e o modelo deverá ser um dos mais seguros do mundo. Porém, muitos passageiros ainda têm algum receio em voar na aeronave.

Para tentar minimizar esse problema, de acordo com uma matéria publicada no Estadão, a GOL irá permitir que os passageiros que não se sentirem confortáveis em voar no B737 MAX troquem as suas passagens por outro voo.

Mas, e como saber se o seu voo será operado pelo MAX ou o NG, que são B737-800 que a empresa opera regularmente? Simples, ao selecionar o voo que você deseja, basta clicar em “Voo Direto ou Conexão” e uma janela abrirá com informações detalhadas do voo, incluindo o tipo de aeronave. Veja um exemplo abaixo onde a GOL diz que o seu voo poderá ser operado por um 737 NG ou MAX:

No entanto, ao escolher um voo que, de acordo com o que publicamos aqui, será operado por um B737 MAX, não consta nenhuma informação sobre o tipo de aeronave que irá realizar o voo. Veja o exemplo abaixo para o voo G3-1117 de Brasília para São Paulo (GRU) no dia 19 de dezembro:

Estaria a GOL tentando omitir essa informação dos passageiros ou isso é apenas um erro que será rapidamente corrigido?

Algumas Palavras

Nós estamos acompanhando de perto as notícias relacionadas ao modelo e a GOL. Deixando de lado as discussões a respeito dos fatos que envolveram o modelo e desencadearam o seu groundeamento, eu tenho certeza que o avião, após todos os testes de recertificação, será seguro.

O que vocês acham do retorno dos Boeing 737 MAX da GOL aos céus? Estão ansiosos para voar no modelo ou irão evitá-lo por algum tempo ainda?

Portal das Malas