Posicionamento do Reserva Cool em relação às nossas considerações

39
Reserva Cool
Reserva Cool

O Reserva Cool nos enviou um e-mail se posicionando sobre o artigo escrito ontem, onde listei alguns pontos controversos sobre a companhia. Como acredito que todos têm o direito de se defender e mostrar seu ponto de vista, segue o e-mail integral que recebemos do CEO da empresa Thiago Filho.

Posicionamento do Reserva Cool

Prezado Paulo,

Tudo bem? Espero que sim.

Hoje dia 08 de janeiro de 2020, as 22:45 recebi um link escrito pelo senhor, falando sobre a empresa que respondo.

Porém Paulo, vejo o senhor destacar e gerar inúmeras dúvidas em possíveis clientes nossos, assim gostaria de contribuir para sua matéria.

Nós da Reserva Cool somos uma empresa simples sim, uma empresa que começou sem investimento nenhum e alcançou em pouco tempo essas matérias, citadas abaixo, que o senhor não relatou em sua postagem.

Primeira: panrotas.com.br/hotelaria/distribuicao/2018/12/o-futuro-transparente-e-lucrativo-para-hoteis-brasileiros_160969.html

Segunda: panrotas.com.br/hotelaria/parcerias/2019/01/entenda-a-parceria-que-vai-aproximar-os-hoteis-do-sucesso_161189.html

Terceira: daparaviajar.com.br/dicas/reserva-cool-e-confiavel/

Reclame aqui: reclameaqui.com.br/empresa/reserva-cool/

Além disso nosso operação é bem clara e segura, porque?

Nosso principal ponto é que o sistema que usamos para transmissão de nossas reservas é o maior do pais, onde para fazer adesão temos que ter crédito, depósito fiança no valor das reservas transmitidas.

Segundo, todos os nossos clientes fazem pagamento via PAGAR-ME onde o mesmo pode fazer o chargebancks em até 150 dias, caso tenha algum problema.

Terceiro, todas as nossas reservas são enviadas via cartão coorporativo, onde como garantia citada anteriormente precisa ter saldo para ser anexado a cada reserva.

Quarto, somos a única operadora de turismo, que aceita cancelamento e da segurança até 48hs antes do check-in.

Assim peço que acrescentem essas informações a sua matéria, caso ache justo.

Destaco que a informação passada pelo o senhor tem lisura, e entendo a forma que se expressou, mostrando os pontos de sua avaliação.

Como resposta ao mesmo, por consideração e vendo que seu trabalho é informar, mesmo que tenha faltando escutar nossa parte afetada com isso que somos nós, no que se refere-se ao CNPJ de nossa empresa, estamos providenciando a alteração contratual e farei questão de lhe mandar a copia do mesmo assim que tiver pronto.

Contudo, agradeço e peço que seja avaliado os restantes da informação.

Destacando que atendemos o mercado coorporativo a algum tempo, e nosso intuito não era fornecer descontos visando o que as pessoas conheça nosso trabalho. Já que o desconto só aconteceu devido a isenção de comissionamento, aplicação de tarifa operadora e de a um aporte de capital, como investimento em propaganda.

Aguardo sua considerações.

Atenciosamente,
Thiago Filho | CEO & Co-funder

Algumas Palavras

Considero louvável quando uma empresa se interessa em se defender e expor seu ponto de vista. Muitas acabam ignorando o que se fala sobre ela na internet, diferente do que está acontecendo aqui. Apesar disso, tenho algumas questões a fazer:

  • A empresa funciona desde 2018 e somente agora, com toda essa exposição midiática, está pensando em resolver a questão do CNPJ?
  • Para quem tem reservas a menos de 150 dias da data do pagamento, poderá solicitar chargeback via PAGAR-ME, e quem tem reservas posteriores a este período?
  • Utilizar o maior sistema de reservas do Brasil não dá nenhum tipo de idoneidade para ninguém. Se a agência está pagando para ter acesso a este sistema com o inventário de hotéis, passagens, etc, o fornecedor do sistema irá liberar este acesso sem problemas, ou estou equivocado no meu entendimento?
  • Outras operadoras oferecem cancelamentos até datas muito próximas da data do check-in, como no Booking, Expedia e Hoteis.com. Como a opção de cancelamento até 48h antes da estadia não é única do Reserva Cool, como, neste quesito, a empresa se destaca das demais?

Para concluir, convidei o Thiago Filho a responder também as questões dos leitores através do campo de comentários abaixo. No posicionamento ele citou não ter tido o direito de resposta e acredito que todo mundo tem direito de defesa. Apesar das evidências controversas, pode ser que a empresa realmente esteja passando por algum tipo de reestruturação e aporte financeiro. Eu, na minha humilde opinião, vou preferir continuar não aproveitando esta oferta, mas cabe a cada um decidir o que é melhor para si.

Portal das Malas