Problemão na Qatar Airways: SP – Doha via Atenas

24
Voo QR773 dia 6 de junho

A situação dos voos da Qatar Airways está complicadíssima. Com o rompimento das relações diplomáticas de seis países árabes com o Qatar e o consequente fechamento de fronteiras e espaço aéreo, a Qatar Airways corre o risco de não conseguir levantar voo. Isso por que o espaço aéreo do Bahrain engloba o espaço aéreo qatari. Além disso, o espaço aéreo saudita e emirati também está fechado para as empresas qataris.

Apesar de estados soberanos serem livre para recusarem o pouso de aeronaves estrangeiras, ainda não está claro se o Bahrain e os EAU podem legalmente impedir a Qatar Airways de entrar em seu espaço aéreo. O IASTA, International Air Services Transit Agreement, do qual o Bahrain, os EAU e o Qatar são partes, determina que esses países não podem fechar o seu respectivo espaço aéreo para signatários. Entretanto, na práticam nada obriga que os EAU e o Bahrain aceitem a Qatar Airways em seu espaço aéreo. O caso da Arábia Saudita é mais claro: ela não é signatária do tratado e pode fazer como bem entender, sem denunciar o IASTA.

De acordo com o FlightRadar24, a autoridade aeronáutica do Bahrain está limitando o tráfego das aeronaves da Qatar Airways a uma única aerovia. O resultado prático disso é que o voo Doha – São Paulo agora está tendo uma parada obrigatória em Atenas, já que não consegue atravessar o espaço aéreo saudita.

Voo QR773 dia 6 de junho

O voo saiu hoje de Doha para Atenas com atraso, e tem expectativa de pouso às 22:14 hrs.

No momento, a aeronave está sobrevoando a Argélia. A Líbia também aderiu ao embargo.

É bem provável que a rota São Paulo – Doha mantenha essa escala na Europa, enquanto perdurar a crise diplomática. É aconselhável ligar para o escritório da Qatar Airways no Brasil para obter informações oficiais.