Qatar Airways continua a fortalecer suas parcerias com outras companhias aéreas

1
Qatar Airways continua a fortalecer suas parcerias com outras companhias aéreas

A Qatar Airways tem orgulho das relações comerciais firmadas com outras companhias aéreas ao longo dos anos. A companhia aérea do Catar tem sentido os benefícios de suas parcerias sólidas. Essa semana, o vice-presidente sênior de gerenciamento de receita, alianças e estratégia da Qatar Airways, Mark Drusch, falou sobre as oportunidades surgidas a partir dessa prática.

Drusch destacou que a razão para o sucesso das operações da Qatar Airways para os EUA são as suas parcerias. Por exemplo, juntou-se à American Airlines antes da pandemia chegar e como resultado, conseguiu manter a conectividade nos Estados Unidos enquanto os serviços foram reduzidos. Essa colaboração, que também teve a participação da JetBlue, foi crucial em meio às condições desafiadoras experimentadas nesse ano.

Essas parcerias ajudaram na expansão da oferta da companhia aérea na América do Norte durante esses tempos difíceis. Com a adesão da Alaska Airlines à oneworld, a Qatar Airways aproveitou a oportunidade para aumentar sua presença em Seattle, hub da Alaska Airlines nos EUA.

Não foi apenas nos EUA onde ocorreram avanços. No mês passado, a operadora anunciou que havia confirmado um acordo de codeshare com a Air Canada. Os termos são aplicáveis ​​para viagens entre Doha e Toronto, de lá aproveitando a capilaridade da Air Canada, ampliando sobremaneira a oferta de assentos para venda por meio de seus canais próprios.

Desde que ingressou na oneworld em 2013, a Qatar Airways aproveitou como nenhuma outra empresa as conexões oferecidas pela aliança. Ao todo, houve um grande progresso com outras companhias aéreas em todos os continentes. Essas relações continuarão a ser importantes para a Qatar Airways nos próximos anos.

“Acho que talvez uma coisa interessante a destacar é que continuaremos a aprofundar nossas parcerias com outras companhias aéreas. Companhias aéreas como American, Alaska, JetBlue, British Airways, Iberia e LATAM. Continuaremos a impulsionar o valor que podemos fornecer aos clientes e a cada uma dessas empresas à medida que avançamos, porque uma coisa que acho que todos nós descobrimos – um dos pontos positivos durante a pandemia da COVID-19 – é que suas parcerias são uma maneira incrível de estender o alcance de sua empresa e, portanto, de seus clientes”, disse Drusch à Simple Flying.

“Vamos continuar a garantir que nossas parcerias estejam alcançando a melhor integração possível com o cliente. Posso dizer com certeza que continuaremos a aprofundar nossos relacionamentos existentes e, à medida que as oportunidades se desenvolverem, como nosso codeshare com a Air Canada para o novo mercado e a abertura de Toronto, obviamente iremos avaliá-las de maneira mais oportuna”.

Algumas Palavras

Os recentes movimentos de parceria da Qatar Airways com empresas como Alaska Airlines e Air Canada mostram que ela não tem a intenção de diminuir o ritmo intenso quando se trata de estabelecer parcerias. Não será surpresa vermos mais parcerias sendo feitas no próximo ano.

A Qatar Airways, que sempre soube fazer esse movimento como nenhuma outra empresa aérea do mundo, sabe que esses acordos serão vitais para a sua sobrevivência e crescimento, à medida que a indústria da aviação se recupera da crise global causada pela pandemia em curso.

O que vocês acham da estratégia da Qatar Airways com relação às parcerias com outras companhias aéreas? Quem vocês acham que será a próxima parceira da empresa?