Qual a sua estratégia para reservar hotéis em tempos de covid-19?

20
Qual a sua estratégia para reservar hotéis em tempos de covid-19?
Hotel Bahrain Palm Tree

Durante muitos anos a minha estratégia para reservar hotéis sempre foi buscar o melhor preço. Isso invariavelmente significava pegar tarifas não reembolsáveis.

Quando a pandemia do covid-19 se espalhou pelo mundo, eu tinha algumas viagens programadas e os hotéis reservados eram com tarifas não reembolsáveis. Tive um pouco de trabalho, mas felizmente consegui reaver o meu dinheiro de volta em todas elas.

Porém, olhando para as próximas viagens e todas as incertezas que nos cercam eu estou sendo obrigado a rever isso. Embora vários países já começaram timidamente a se abrir para o turismo, ainda há o receio de uma segunda ou terceira onda de infecções, que resultariam em sucessivos lockdowns.

Melhor Estratégia para Reservar Hotéis

Portanto, diante dessa insegurança, qual seria a melhor estratégia para reservar hotéis nos próximos meses? Conversando com a Bia no fim de semana, nós nos demos conta que estamos agindo mais ou menos da mesma forma.

A idéia é, a princípio, fazer sempre uma reserva reembolsável que oferece total flexibilidade de cancelamento. Depois, à medida que a data da viagem se aproxima, e estamos mais seguros de que viajaremos, basta fazer uma reserva não reembolsável e cancelar a original.

Veja que é importante saber quando fazer essa mudança. Primeiro, obviamente, é ter certeza de que se irá viajar e depois buscar a antecedência certa para proceder com a troca das reservas. Salvo algumas exceções, como por exemplo períodos de alta procura como feriados especiais ou convenções e feiras no destino escolhido, a grande maioria dos hotéis oferecem bons preços para reservas não reembolsáveis até um mês antes da data do check-in.

Com quem Reservar?

Outro ponto que também tenho dado preferência é o de reservar diretamente com a hotel ao invés de utilizar agências online (OTA), mesmo que isso implique pagar um pouco mais. É sempre muito mais fácil discutir um cancelamento ou mudança de datas diretamente com o hotel, do que com uma agência online.

E pesa também o fato de que, com a recessão, as chances de um pequeno portal falir são maiores do que uma grande cadeia de hotéis. Não que estas sejam imunes à crise, mas tem mais chances de sobreviver.

Algumas Palavras

No fim das contas, cada um tem a sua estratégia para lidar com o cenário atual. Conte para nós nos comentários como você está agindo com suas reservas futuras.