Smiles e Livelo pressionam a Multiplus: e agora?

18

As duas últimas semanas foram movimentadíssimas no mercado das milhas aqui no Brasil. As responsáveis pelo agito foram a Livelo e a Smiles.

Em um ano de operações, a Livelo já conta com 15 milhões de clientes e, no seu aniversário de um ano, abriu as portas para o público em geral, anunciou parceria com grandes lojas do varejo para acúmulo de pontos e fez diversas promoções, dentre elas a esperadíssima transferência para o TAP Victoria com 100% de bônus e a compra de pontos com 50% de desconto.

Com os seus 10 milhões de clientes, a Smiles reformulou o Clube Smiles, dando validade de 10 anos para as milhas voadas, tornou as milhas do Clube Smiles qualificáveis para mudar de categoria, lançou a Conta Família, melhorou o acúmulo de milhas em todas as tarifas publicadas, deu 100% de bônus nos pontos transferidos da Livelo, dentre outras coisas.

A Livelo foi clara: quer oferecer a melhor experiência para os consumidores e está conversando com outros parceiros financeiros e do varejo. Há conversas, também, com outros programas de milhas estrangeiros.

Os clientes Bradesco e Banco do Brasil que querem diversificar o uso dos pontos do cartão de crédito: o seu lugar é na Livelo. De lá, você pode mandar os pontos para a Multiplus, Smiles, TudoAzul, Amigo e TAP Victoria. Aguarde a melhor promoção e mande.

Quem não é cliente Bradesco ou BB pode se cadastrar e assinar o Clube Livelo. A compra de pontos em promoção combinado com a promoção de 100% de bônus na transferência para o TAP Victoria é bem vantajosa: por R$ 2.100,00 você consegue uma passagem em executiva para a Europa e por R$ 1.575,00 para os EUA.

Matemática da Europa: são necessários 120.000 pontos. Com a bonificação de 100% são necessários 60.000 pontos, que saem por R$ 4.200,00. Com 50% de desconto na compra = R$ 2.100,00.

A Smiles/GOL por sua vez, está investindo pesado na fidelização dos passageiros: são eles os grandes beneficiados dos últimos dias. E a empresa quer mudar ainda mais – aguardem os próximos meses. Além dos benefícios no programa de milhagem, a GOL é a primeira companhia aérea do mundo a oferecer check-in por reconhecimento facial.

E a dupla LATAM/Multiplus? A grande promoção da semana para os seus 16 milhões de clientes foi a  Black Week. E o que foi oferecido na Black Week? Apenas uma pontuação diferenciada em algumas parceiras de e-commerce, ou seja, nada atrativo, nada diferente – nem nada que justifique o nome de Black Week.

Em quase todas as frentes o LATAM Fidelidade/Multiplus perdem de lavada para o Smiles: facilidade de emissão de bilhetes com milhas, conhecimento dos atendentes, design intuitivo do site, etc. Sua tarifa doméstica mais barata pontua zero até mesmo para clientes Black Signature e o máximo de bônus de transferência dos cartões de crédito é de 55% – isso para quem é do Clube Multiplus.

O LATAM Fidelidade sempre teve a Oneworld como seu grande diferencial. Mas, do jeito que o programa está sendo gerido, isso não é suficiente para fazer frente a esse tsunami de novidades e inovações que as concorrentes estão colocando no mercado.

Eu acho que amanhã o pessoal do LATAM Fidelidade/Multiplus vai acordar se perguntando: e agora?