Transferir pontos Latam Pass para o Accor ALL ficou quase 90% mais caro

21
Ouch!!! Viaje Fácil da Smiles dobra de preço e agora custa R$120

Transferir pontos Latam Pass para o Accor ALL ficou mais caro! Mas, antes de falar nisso, uma pequena recapitulação de como funciona a parceria.

A parceria

O programa de fidelidade da Accor, o ALL, é um dos parceiros do Latam Pass e como tal permite que os clientes acumulem e usem pontos em ambos os programas.

O uso dos pontos Latam Pass no Accor ALL se dá através da transferência dos mesmos para a Accor onde a cada 2 mil pontos os clientes obtêm €40 que podem ser usados para cobrir total ou parcilamente os custos de suas estadias.

Transferir pontos Latam Pass para o Accor ALL ficou mais caro

Até pouco tempo atrás, a cada 3 mil pontos Latam Pass os clientes ganhavam 1 mil pontos Accor ALL. Veja a tabela abaixo:

Tabela antiga de conversão de pontos Latam Pass para o Accor ALL

No entanto, nossos leitores nos chamaram a atenção para o fato de que nos últimos dias o fator de conversão de pontos sofreu um aumento de quase 90%! Confira a nova tabela abaixo:

Tabela nova de conversão de pontos Latam Pass para o Accor ALL

Note que agora são necessários 5.680 pontos Latam Pass para conseguir os mesmos 1 mil pontos Accor ALL.

Clicando neste link você pode acessar a página do Latam Pass para fazer as transferências de pontos para o Accor ALL.

Algumas Palavras

Eu entendo que as empresas têm o direito de alterar as regras dos seus programas de fidelização e cabe a nós, clientes, aceitarmos ou não. Se a mudança não nos agrada, simplesmente seguimos adiante e deixamos de usar tal programa ou benefício.

Todavia, o que eu considero inadmissível é fazer mudanças no programa, como esta acima, e não informar os clientes com antecedência e deixar que eles as descubram por conta própria. Isso para mim é uma falta de respeito muito grande.

Infelizmente, o Latam Pass seguiu os passos do TudoAzul que alterou as regras de transferência de pontos para o Accor ALL sem notificar os clientes, como comentado pelo Paulo neste post.

Agradeço aos nossos leitores Leo e Leandro que compartilharam a informação conosco.