United Cancela Bilhete de Passageiro que Filmou Discussão

4

Os funcionários das companhias aéreas americanas baseados nos EUA se acham deuses, mas os passageiros estão começando a reagir aos abusos. Ontem foi a vez de um passageiro ter sua passagem arbitrariamente cancelada por ter filmado a discussão com uma funcionária da United Airlines. E o que é pior: ela chamou a polícia para resolver o problema!

O setor da aviação comercial nos EUA pós 9/11 está um pavor. Qualquer problema é encarado como uma distração para um ataque terrorista e os funcionários chamam a polícia para resolver o mínimo questionamento das suas decisões.

Neste caso, a agente falou que o passageiro teria que pagar USD 125 pela bagagem na ida, mas a volta custaria USD 300! O passageiro não se recusou a pagar, mas obviamente questionou o valor da volta (quem não questionaria USD 300????). Daí ele sacou o celular e começou a filmar. Resultado: passagem cancelada e polícia. Observem o nível do abuso: a funcionária cancelou a passagem só porque o passageiro discutiu com ela!

O melhor de tudo não está no vídeo: quando a polícia chegou, ela liberou a filmagem pois isso não constitui crime algum. E a United soltou o seguinte pedido de desculpas:

The video does not reflect the positive customer experience we strive to offer, and for that we apologize. We are reviewing this situation, including talking with Mr. Oza and our employees to better understand what happened.

Conclusão: se vocês tiverem qualquer problema com companhias aéreas nos EUA, filmem. Filmem tudo.