A vez do turismo nacional? Voos nacionais representam 85% na intenção de viagens dos brasileiros

4
A vez do turismo nacional? Voos nacionais representam 85% na intenção de viagens dos brasileiros

Segundo dados analisados pelo portal Viajanet, com base em buscas de passagens feitas em seu site, 85% daqueles que pesquisam viagens no momento estão olhando destinos nacionais. Será que finalmente chegou a vez do turismo nacional?

A retomada das atividades vem ocorrendo de maneira gradativa e, assim como outros setores, o segmento de viagens já apresenta um movimento nesse sentido. De acordo a análise da agência de viagens on-line ViajaNet, o fluxo de passageiros voando em setembro foi 44% menor que o registrado no ano de 2019.

Voos Nacionais

Mesmo havendo mais flexibilidade do isolamento social em outubro, as pessoas ainda têm buscado, preferencialmente, destinos nacionais (85,6% do total). A pesquisa também mostrou que São Paulo é o destino mais pesquisado entre os internautas, com 16,2%, seguido do Rio de Janeiro, com 11,2%. Recife e Fortaleza aparecem na sequência, com 9,7% e 8,6% do total das buscas no site da empresa.

As datas que corresponderam aos finais de semana próximos a feriados também tiveram o maior pico de procura, chegando a quase 70% no dia 10 de outubro, em razão do dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, comemorado no dia 12.

Voos Internacionais

Com relação aos voos internacionais, o percentual de busca ainda permanece baixo, o que pode refletir apenas a intenção de planejamento para viagens futuras ou até o fato de que ainda há fronteiras bloqueadas para a entrada de estrangeiros, em razão da pandemia de covid-19.

Não só o fato de algumas fronteiras ainda estarem fechadas, mas a insegurança causada pelo “abre e fecha” em vários países impede o planejando das viagens intercontinentais. Pelo cenário atual, o risco de se reservar uma viagem e não poder embarcar ainda é grande.

A Vez do Turismo Nacional?

É opinião relativamente comum entre os turistas mais experientes que viajar pelo Brasil, em muitos casos, chega a ser mais caro que ir para o exterior. Além disso, é consenso também que muitas vezes a qualidade dos serviços oferecidos deixam a desejar.

Com a pandemia da covid-19, a indústria do turismo nacional está tendo uma oportunidade única. Vender o Brasil ao brasileiros como destino de férias e também provar que conseguem oferecer um serviço de qualidade, mesmo em um momento tão adverso como o que estamos passando.

Será que irão aproveitar essa oportunidade?