Como é voar na Royal Air Maroc

13
Royal Air Maroc integra oneworld e acrescenta novos destinos para emissões com milhas

Nesse review eu compartilho com vocês como é voar na Royal Air Maroc, mais precisamente na executiva do B787-900 entre São Paulo e Casablanca. Esse foi o meu primeiro voo com a empresa e a experiência foi … interessante!

Mãos à obra e vamos ver os detalhes!

Como é voar na Royal Air Maroc – Check-in

O horário previsto para a partida do voo era às 23:15h e o check-in, gerido pela empresa terceirizada ProAir, abriu pontualmente às 19:30h.

Como é voar na Royal Air Maroc
Visão Geral da Área de Check-in

Quando teve início o atendimento, um funcionário ficou no começo da fila verificando se os passageiros já haviam feito o check-in online. Os que não haviam feito eram direcionados aos totens de auto atendimento onde outro funcionário os auxiliava com os procedimentos. Ou seja, só seguia para o balcão para despachar as malas quem já estivesse com o cartão de embarque em mãos (ou no aplicativo).

Já os passageiros da classe executiva podiam se dirigir diretamente ao balcão de check-in. Bastava informar a classe de voo para ser direcionado ao balcão preferencial de atendimento.

Como é voar na Royal Air Maroc
Balcão de Check-in da Classe Executiva

O meu check-in foi rápido e em questão de minutos eu já estava com o meu cartão de embarque em mãos. A funcionária, super simpática, me informou que eu poderia usar o lounge da Gol e me explicou como chegar lá.

Ao fim do check-in eu fui informado de que o voo estava com 30 minutos de atraso, com decolagem prevista para às 23:45h. Porém, acabamos partindo bem mais tarde, por volta das 00:20h.

Como é voar na Royal Air Maroc
Anúncio de Upgrade para Classe Executiva

No balcão havia um cartaz oferecendo upgrade para os passageiros, que descobri custar US$900 o trecho. Achei bem caro.

Como é voar na Royal Air Maroc – Detalhes do voo

  • Rota: São Paulo – Casablanca
  • Aeronave: B787-900
  • Poltrona: 1A
  • Horário de Partida: 23:15h
  • Horário de Chegada: 12:10h
  • Duração do Voo: 08:55h

A aeronave que fez meu voo era bem nova, tendo sido entregue para a Royal Air Maroc em maio de 2019.

Como é voar na Royal Air Maroc – Embarque

O embarque começou às 23:15h e foi bem tranquilo. Primeiro embarcaram as prioridades definidas por lei, depois os passageiros de classe executiva e na sequência os demais passageiros, divididos por grupos.

Na porta da aeronave havia um comissário verificando o cartão de embarque dos passageiros. Ele também direcionava as pessoas para seus assentos, indicando qual corredor seguir.

Como é voar na Royal Air Maroc – Classe executiva do B787-900

O B787-900 do Royal Air Maroc tem 26 assentos na classe executiva na configuração 1-2-1 onde todos os passageiros têm acesso direto ao corredor.

Mapa de Assentos da Executiva do B787-900

Os assentos são os B/E Super Diamond, parecidos com os usados pela American Airlines em seus B777-200 e B787-900. Eu particularmente não acho esses assentos muito confortáveis e mostro o porquê logo abaixo.

Poltrona com Travesseiro

Quando eu cheguei na minha poltrona havia um travesseiro e nada mais. Na parte inferior do mesmo há um espaço para se guardar alguns objetos pessoais.

Espaço para Objetos Pessoais

Na parte superior há um compartimento onde fica o controle remoto, uma tomada, a entrada para o fone de ouvido e duas entradas USB.

Como é voar na Royal Air Maroc
Compartimento Aberto e Controle Remoto

O controle da poltrona é de fácil acesso e super simples de se usar. Com certeza um ponto positivo.

Do lado do assento, na parte superior, há uma luz de leitura.

Luz de Leitura

Próximo ao monitor há um gancho para se pendurar os casacos.

Apoiador de Casacos

Do lado do corredor há um apoio para o braço que pode ser abaixado quando o assento está na posição horizontal, deixando a cama mais larga.

Como é voar na Royal Air Maroc
Apoio para o Braço Levantado

Eu preferi deixa-lo levantado o tempo todo, pois do contrário fica-se sem proteção nenhuma em relação ao corredor onde há movimento constante de pessoas durante a noite.

Apoio para Braços Abaixado

E agora vamos aos pontos negativos dos assentos B/E Super Diamond! Começando pelo diminuto espaço para os pés quando o assento está na posição horizontal. Se você for alto e com pés grandes, não conseguirá se mover por lá.

Como é voar na Royal Air Maroc
Espaço para os Pés

Outro problema é a mesa que fica exatamente abaixo do monitor. Eu fiquei batendo os meus joelhos nela durante a noite quando tentava virar no meu assento, o que foi exatamente o mesmo problema que eu tive na American Airlines. E em tenho apenas 1.70m!

Como é voar na Royal Air Maroc
Espaço entre as Partes da Poltrona

Outro problema desses assentos é que quando eles estão na posição horizontal eles ficam com um vão no meio que é bem desconfortável. Um mattress pad resolveria o problema, a exemplo do que fazem algumas outras empresas aéreas.

Como é voar na Royal Air Maroc
Assento na Posição Horizontal

Achei o banheiro bastante espaçoso e estava bem organizado no começo do voo.

Banheiro

Havia até rosas em um pequeno suporte próximo ao espelho.

Rosas no Banheiro

Como é voar na Royal Air Maroc – Kit de Amenidades

O kit de amenidades da Royal Air Maroc é excelente. Provavelmente um dos mais completos que eu já vi em uma classe executiva.

Como é voar na Royal Air Maroc
Kit de Amenidades da Royal Air Maroc
  • Nele haviam os seguintes produtos:
  • Spray refrescante para o rosto
  • Creme para as mãos
  • Hidratante
  • Protetor labial
  • Lenço umedecido
  • Desinfetante bucal
  • Plugs para os ouvidos
  • Apoio para calçar sapatos
  • Pente
  • Máscara para dormir
  • Meias

Gostei também dos selinhos para se colocar em algum lugar visível da poltrona pedindo para ser (ou não acordado para as refeições).

Como é voar na Royal Air Maroc
Chinelos

A tripulação distribui também um par de chinelos para ser usado durante a noite quando se quer ir ao banheiro ou simplesmente esticar as pernas.

Como é voar na Royal Air Maroc – Serviço de Bordo

Como eu disse acima, quando eu cheguei na minha poltrona, a única coisa que estava lá era o travesseiro. Eu acho que para um voo que parte quase à meia-noite, a tripulação já deveria deixar a água e a manta por lá, pois imagino que muita gente só quer dormir.

Assim que o embarque foi encerrado a tripulação veio com os drinks de boas vindas. Na bandeja havia sucos e água e eu disse para a comissária “Tem champanhe” e ela “Oh, yes. We do have it” com expressão de quem havia esquecido de oferecer.

Uns dois minutos depois eu ouvi o PUP e lá veio ela novamente com o champanhe para me servir e confesso que nesse momento eu me surpreendi. A Royal Air Maroc serve Laurent Perrier Rosé na executiva – um excelente champanhe que até hoje eu vi apenas a Qatar Airways servindo a bordo.

Como é voar na Royal Air Maroc
Champanhe Laurent-Perrier Rosé

Só para contextualizar, eu olhei online e no Brasil a garrafa é vendida por quase R$1.200. Mas como nem tudo é perfeito, serviram o champanhe quente e quando digo quente significa que estava em temperatura ambiente mesmo. Uma pena!

Havia também uma variedade de jornais e revistas disponíveis sobre o apoio dos assentos do meio na primeira fila. Eu não vi um único passageiro pegando alguma coisa para ler e tampouco a tripulação os ofereceu. Aliás, acho que jornais e revistas a bordo estão com os dias de vida contados!

Na sequência iniciaram o briefing de segurança. Todos os tripulantes estavam na galley e em momento algum eles apareceram para sinalizar as saídas de emergência mais próximas ou mostrar as luzes de segurança, etc.

Além disso, quando a aeronave começou a taxiar e preparar para a decolagem eles não passaram pela cabine em momento algum para conferir se todos estavam com os cintos afivelados e as poltronas na posição vertical. Embora esse comportamento seja bem comum com as empresas aéreas norte-americanas, eu nunca havia visto isso com outras empresas.

Como é voar na Royal Air Maroc
Menu da Royal Air Maroc

Logo após a decolagem a tripulação distribuiu os menus, que era muito bem elaborado em um papel de ótima qualidade.

Como é voar na Royal Air Maroc
Menu da Royal Air Maroc

Depois de distribuir os menus a tripulação veio com o carrinho de bebidas e aperitivos. Nesse momento eu senti falta de duas coisas que eram a toalhinha umedecida para limpar as mãos e o guardanapo para se colocar na mesinha.

Como é voar na Royal Air Maroc
Aperitivo e Bebida

A foto acima é como o aperitivo e a bebida foram servidos para mim. Confesso que o gosto não era dos melhores e faltaram os talheres, na minha opinião.

Quando eu já estava olhando na minha lista de contatos para ligar para a Naomi Campbell e pedir uma das suas toalhinhas desinfetantes emprestadas, a tripulação vem com os lenços umedecidos e o guardanapo para a mesinha! 😉

Quando uma outra comissária veio recolher os lenços umedecidos, o meu estava na mesinha do lado do corredor. Ela estava com a bandeja em uma mão e uma pinça na outra. Ao invés de pegar o lenço, ela olhou para mim e deu sinal com a cabeça para eu coloca-lo na bandeja …Como é voar na Royal Air Maroc

Após colocar o guardanapo na mesa, o comissário trouxe a minha entrada. Os camarões estavam deliciosos, só acho que exageraram na quantidade de alface!

Como é voar na Royal Air Maroc
Prato Principal

Logo após a entrada veio o prato principal. Eu optei pelo frango e estava bem saboroso – ponto positivo!

Veja que a apresentação de todos os pratos era bem simples, como se vê nas fotos. Durante o jantar o comissário passou umas duas vezes oferecendo vinho e água. Outro ponto positivo!

Terminado o prato principal, o comissário veio com um trolley oferecendo queijos ou frutas. Vi vinhos de sobremesa no carrinho, mas ele não os ofereceu. Como eu já estava cheio eu pedi para provar um pouco dos queijos.

Como é voar na Royal Air Maroc
Queijos

Note que o que sobrou dos camarões não foi retirado da minha mesa em momento algum. Ficou lá firme e forte fazendo companhia para mim.

Depois que eu terminei com o queijo a bandeja foi retirada com o guardanapo. Eu fiquei apenas com o meu copo. Logo após, o comissário voltou com … os lenços umedecidos.

Sobremesa

Quando eu achei que tudo estava terminado, ele voltou com o trolley de sobremesas! Acho que a ordem das coisas ficou um pouco invertida!

Faltando uns 90 minutos para chegarmos em Casablanca foi servido o café da manhã. Mas, dessa vez trouxeram os lenços antes para as pessoas limparem as mão, porém sem guardanapo na mesinha!

Café da Manhã

Após o café da manhã eu fui no banheiro e não tinha mais toalhas ou lenços de papel. Devem ter acabado durante a noite e a tripulação não se deu ao trabalho de re-abastecer!

O procedimento de descida foi bem parecido com a decolagem, a tripulação ficou na galley e em momento algum verificou se a cabine estava em ordem.

Como é Voar na Royal Air Maroc – Entretenimento a Bordo

A tela tem um bom tamanho e pode ser operada diretamente com o toque ou através do controle (foto acima). Aliás, a tela responde bem rápido aos toques.

Como é voar na Royal Air Maroc
Exemplo dos Filmes Disponíveis

Havia uma boa variedade de filmes e músicas, mas nada muito novo. Porém, para mim isso não é um problem. Já quem gosta de ver os últimos lançamentos no avião provavelmente ficaria um pouco desapontado.

Como é voar na Royal Air Maroc
Mapa do Voo

O fone de ouvido abafa os ruídos, mas não totalmente. Outro detalhe que para mim não quer dizer muita coisa, pois eu normalmente prefiro usar os meus.

Fones de Ouvido

Como é voar na Royal Air Maroc – Desembarque

Eu não costumo escrever sobre o desembarque, mas nesse caso acho que vale a pena mencionar alguns fatos. A começar que chegamos em Casablanca com mais de 1 hora de atraso e fomos para a remota.

Assim que o desembarque começou, apareceu uma vã para levar os passageiros da executiva. O único problema é que veio apenas uma vã e haviam 26 pessoas (a executiva estava lotada). Obviamente não coube todo mundo e vários foram em pé mesmo.

No momento que eu desembarquei, o embarque do meu próximo voo já estava começando. Como a grande maioria dos passageiros fazem conexão, eu imaginei que haveria alguém para auxiliar aqueles com voos já saindo. Engano meu, não havia ninguém.

Eu e outros, assim que descemos da vã fomos correndo até o próximo portão de embarque. E o engraçado foi que ao chegar, a funcionária me disse rindo que eu estava atrasado!!!

Eu consegui embarcar, mas minha mala não! Nos encontramos novamente 30 horas depois.

Algumas Palavras

Bem .. e aí? Minha conclusão? Não sei o que dizer!

Não vou me ater à poltrona, pois não há o que fazer. Eu já imaginava que seria o que experimentei baseado nos meus voos anteriores com a American Airlines.

Agora no que diz respeito à tripulação, eu olhei alguns reviews de voo em inglês e em todos os autores teceram elogios às tripulações. Então, eu acho que eu não dei sorte.

Na minha opinião a Royal Air Maroc se esforça para oferecer um serviço bom. Por exemplo, o kit de amenidades, o champanhe e os chinelos são ótimas iniciativas. Os guardanapos, talheres e copos vêm com o logo da empresa, que é algo que não se vê frequentemente hoje em dia.

https://www.royalairmaroc.com/br-pt/
Aeroporto de Casablanca

No que diz respeito à alimentação, essa foi bem simples. Mas com exceção do aperitivo, tudo estava saboroso. Acredito que eu tive a infelicidade de pegar uma tripulação relapsa que não se preocupa muito em seguir os procedimentos da empresa.

É importante dizer que em momento algum eles foram mal educados. Muito pelo contrário, estavam sempre sorrindo. Inclusive, quando distribuíram as mantas depois do jantar, havia um passageiro do meu lado que já estava dormindo e eles o cobriram.

Viajaria com eles novamente? Provavelmente sim, até por que quero ter uma segunda experiência para poder comparar.

Para Saber Mais