VOEPASS e Asta Linhas Aéreas firmam acordo de codeshare

0
VOEPASS e Asta Linhas Aéreas firmam acordo de codeshare

Em codeshare com a companhia mato-grossense Asta, a VOEPASS Linhas Aéreas disponibilizará passagens para cinco novos destinos na região Centro-Oeste. As operações devem ser iniciadas em 15 de fevereiro de 2021.

Os destinos, todos no estado do Mato Grosso, que fazem parte do acordo de codeshare da VOEPASS e Asta incluem:

Cuiabá
Juína
Tangará da Serra
Lucas do Rio Verde
Nova Mutum

“Nosso principal objetivo é reforçar e fomentar a aviação por todas as regiões do Brasil. Acreditamos na força do segmento no regional, conectado com as empresas nacionais, nesse caso com a VOEPASS e GOL. O acordo com a Asta Linhas Aéreas nos possibilitará oferecer mais opções de destinos aos passageiros do interior do Mato Grosso, que é uma região importante por sua força no agronegócio e pela participação essencial na retomada da economia do país”, comenta Eduardo Busch, CEO de companhia.

A VOEPASS e Asta Linhas Aéreas reforçam que em todos os voos, seguem os procedimentos de segurança e saúde recomendados pela OMS e as determinações dos governos federal e estadual. Entre as medidas adotadas pelas companhias estão: álcool em gel para os passageiros, uso obrigatório de máscaras a bordo, sinalizações indicando a distância mínima recomendada desde o embarque e procedimentos especiais de higienização das aeronaves.

Sobre a VOEPASS

Para quem não conhecee, a VOEPASS Linhas Aéreas, ou antiga Passaredo, é uma empresa aérea atuando no mercado regional de passageiros. Com sede em Ribeirão Preto (SP), voa atualmente com uma frota composta por aeronaves de modelos ATR 72 e ATR 42 que atendem neste momento 33 destinos, em todas as regiões do Brasil, incluindo 8 na região amazônica.

Sobre a ASTA

A Asta é uma empresa mato-grossense que, desde 1995, presta serviços de transporte de cargas e passageiros em Mato Grosso, com foco no agronegócio. Hoje, a companhia conta com três aeronaves monomotor, o que a habilita a operar em qualquer pista homologada no país, atendendo regiões inviáveis para aeronaves de maior porte.